Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Guiné-Bissau tem três atletas

06 de Setembro, 2014

Conforme Muniro Conté, presidente da federação guineense de luta livre, o atleta Augusto Midana que se sagrou recentemente campeão de África na categoria de 74 kg, Quintino Ntip, 69 kg e Jacira Mendonça de 63 kg, “vão fazer boa figura” na prova.

Fruto da vitória de Augusto Midana no campeonato africano que teve lugar na Tunísia, a Guiné-Bissau passou de sétimo para quinto lugar no “ranking” da FILA (Federação Internacional de Luta Associada).

“Todos os atractivos fazem da Guiné-Bissau uma das fortes candidatas [à medalhas] no campeonato do mundo. Estamos optimistas de que vamos trazer medalhas”, disse Muniro Conté.O dirigente explicou que a participação dos atletas guineenses no Usbequistão só é possível “graças aos apoios” da FILA que pagou as passagens e do Governo guineense que disponibilizou seis milhões de francos CFA (cerca de 9.000 euros) para “outras despesas” dos cinco elementos da caravana. Além dos três atletas, fazem parte da delegação um técnico e um elemento da federação guineense de luta livre.

O presidente da federação elogiou o “gesto do Governo” em disponibilizar parte do dinheiro que vai facilitar a participação dos atletas, mas considerou por outro lado, que a modalidade ainda não está no lugar de destaque que merece.

“Registamos com apreço o gesto do Governo, que demonstra que as novas autoridades partilham da nossa visão quando consideramos que a luta é um porta-bandeira da Guiné-Bissau”, afirmou Munino Conté.