Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Halmilton com bom desempenho nos testes em Bahrein

11 de Abril, 2014

Hamilton foi o mais eficaz nos treinos realizados no circuito de Sakhir, confirmando a supremacia da Mercedes neste início de temporada

Fotografia: Reuters

O segundo dia de testes no circuito de Sakhir mais não fez do que reconfirmar a supremacia dos Mercedes em relação à concorrência. Depois de Nico Rosberg ter dominado os acontecimentos nas sessões de terça-feira, ontem foi a vez de Lewis Hamilton fixar o melhor tempo na pista do Bahrein, baixando inclusivamente a marca obtida por Rosberg.

Hamilton foi também o piloto que mais voltas cumpriu, concentrando-se em questões como a fiabilidade do Mercedes ou as respostas face aos pneus que a Pirelli trouxe para os testes. Aliás, a equipa alemã não foi a única a experimentar misturas que a fornecedora oficial de pneus está a preparar para o campeonato de 2015.

Caterham e Williams também testaram as novas borrachas, a Pirelli disponibilizou 250 unidades, que foram utilizadas ao longo de 110 voltas (cerca de 560 quilómetros). Tal como na terça-feira, o trabalho na Red Bull ficou entregue a Daniel Ricciardo, que melhorou no segundo dia, mas ficou longe (mais de três segundos) de Hamilton. 

O Toro Rosso-Renault de Jean-Éric Vergne fixou o segundo melhor tempo, mas quase a 1,5 segundos do britânico da Mercedes.

FERRARI SUSPENDE
A Ferrari entrou na pista representada por Fernando Alonso nesta quarta-feira, mas pediu para o piloto voltar aos boxes mais cedo e encerrou as actividades no último dia de testes colectivos no Bahrein.  Segundo a equipa, a medida foi tomada por precaução após os engenheiros descobrirem problemas no “chassis”.

Durante o tempo que esteve no circuito, Alonso completou 12 voltas. O carro que usou era o de Kimi Raikkonen. Para a equipa, o bólide ficou com o soalho danificado após uma travagem mais brusca durante o treino de sexta-feira passada, porém também foi constatado que o “chassis” estava comprometido.

Na terça-feira, Fernando Alonso encerrou o primeiro dia de testes na terceira colocação, com o tempo de 1m36s64, logo atrás de Nico Rosberg, que manteve a Mercedes na ponta, e Nico Hulkenberg, que ficou em segundo.


Mercedes confirma supremacia

A Mercedes reconfirmou a supremacia no circuito de Sakhir, em Bahrein, no segundo dia de testes. Depois de Nico Rosberg ter dominado os acontecimentos nas sessões de terça-feira, na quarta-feira foi a vez de Lewis Hamilton fixar o melhor tempo na pista do Bahrein. O britânico baixou a marca do alemão.

Lewis Hamilton foi também o piloto que mais voltas cumpriu, concentrando-se em questões como a fiabilidade do Mercedes ou as respostas face aos pneus que a Pirelli trouxe para os testes. Aliás, a equipa alemã não foi a única a experimentar misturas que a fornecedora oficial de pneus está a preparar para o campeonato de 2015. Caterham e Williams também testaram as novas borrachas. A Pirelli disponibilizou 250 unidades, que foram utilizadas ao longo de 110 voltas (cerca de 560 quilómetros).

Tal como na terça-feira, o trabalho na Red Bull ficou entregue a Daniel Ricciardo. O australiano melhorou no segundo dia, mas ficou longe (mais de três segundos) de Hamilton. O Toro Rosso/Renault de Jean-Éric Vergne fixou o segundo melhor tempo, mas quase a 1,5 segundos do britânico da Mercedes. Fernando Alonso não conseguiu mais do que completar 12 voltas ao circuito.

DANFALLOWS
NA RED BULL

Red Bull anunciou, na quarta-feira, que Dan Fallows vai assumir o cargo de chefe de aerodinâmica da equipa. Funcionário da equipa, o engenheiro foi promovido para substituir Peter Prodromou.

Um dos principais membros da equipa que dominou o Mundial de Fórmula 1 nos últimos anos, Prodromou entra agora em período de licença e desliga-se das suas actividades por estar acertado com a McLaren para a época de 2015.

A investir numa grande reformulação nos bastidores, a McLaren já anunciou algumas contratações no início deste ano. No começo de 2014, após Ron Dennis assumir o cargo de chefe de equipa no lugar de Martin Whitsmarsh, também foi confirmada a chegada de Eric Boullier, que deixou a Lotus.

Enquanto isso, Prodromou é mais um funcionário que acertou a sua tranferência noutra equipa. No final de 2013, a actual tetra-campeã mundial também viu a Mercedes contratar Mark Ellis, chefe de dinâmica veicular, e Giles Wood, engenheiro-chefe de simulação.