Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hamilton abre época com \\\"Pole\\\"

26 de Março, 2017

Nova temporada da Fórmula 1 inicia hoje com a disputa do GP da Austrália

Fotografia: AFP

A Mercedes partiu para a temporada de Fórmula 1 como favorita, apostando tudo em Lewis Hamilton depois do abandono do campeão mundial Nico Rosberg, que se retirou do desporto após conquistar o primeiro Mundial da carreira.

\"Tem sido um fim de semana fantástico até agora. Estou incrivelmente orgulhoso da minha equipa. Valtteri fez um óptimo trabalho [...]. Vai ser uma corrida renhida\", declarou Hamilton.

A prova de ontem esteve interrompida durante vários minutos devido a uma saída de pista de Daniel Ricciardo (Red Bull), a meio da sessão. O australiano, que ficou sem registo de tempo, vai partir da décima posição.

O Grande Prémio da Austrália volta a ser o primeiro de um calendário com 20 provas, menos uma do que na temporada transacta, depois da saída do Grande Prémio da Alemanha por disputas comerciais com a administração do campeonato.

A 68.ª edição do Mundial de Fórmula 1 arranca hoje, no circuito de Melbourne, e termina a 26 de Novembro, em Abu Dhabi.

VETTEL
O alemão Sebastian Vettel ficou a 0s268 do tempo com que Lewis Hamilton e confirmou que a Ferrari estará de facto mais perto da rival Mercedes. Mas o piloto da escuderia italiana sublinhou que o mais importante da Qualificação disputada ontem era conseguir um bom lugar para a largada, deixando no ar que acredita que o carro tem capacidade para o levar ao triunfo.

\"Estou muito entusiasmado com a corrida de amanhã (hoje). A confiança neste carro existe desde os testes, porque fizemos uma grande pré-temporada. Temos um bom carro e estamos a trabalhar muito bem como equipa\", salientou Vettel, reforçando que \"o carro está, de facto, a funcionar muito bem\", antes de entregar o favoritismo a Hamilton e à Mercedes na disputa da Qualificação:
\"Acho que podemos fazer mais amanhã [na corrida]. E estou ansioso. Todos na equipa estão entusiasmados e motivados\", reforçou o tetracampeão alemão, que larga do segundo lugar da grelha de partida, ao lado de Hamilton e à frente de Valtteri Bottas, companheiro de equipa do britânico na Mercedes.

Eis os dez primeiros da Qualificação do GP da Austrália: 1º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha), Mercedes, 1m22.188s; 2º Sebastian Vettel (Alemanha), Ferrari, 1m22.456s, a 0.268s; 3º Valtteri Bottas (Finlândia), Mercedes, 1m22.481s, a 0.293s; 4º Kimi Räikkönen (Finlândia), Ferrari, 1m23.033s, a 0.845s; 5º Max Verstappen (Holanda), Red Bull-TAG Heuer, 1m23.485s, a 1.297s; 6º Romain Grosjean (França), Haas-Ferrari, 1m24.074s, a 1.886s; 7º Felipe Massa (Brasil), Williams-Mercedes, 1m24.443s, a 2.255s; 8º Carlos Sainz Jr. (Espanha), Toro Rosso-Renault, 1m24.487s, a 2.299s;
9º Daniil Kvyat (Rússia), Toro Rosso-Renault, 1m24.512s, a 2.324s e 10º Daniel Ricciardo (Austrália), Red Bul-TAG Heuer, sem tempo na Q3.




NBA
Noah vai ser castigado com 20 jogos


O pivot Joakim Noah, do New York Knicks, vai receber uma suspensão de 20 partidas por ter violado a política antidoping da NBA, segundo a imprensa americana. Espera-se que a NBA anuncie oficialmente a suspensão depois de o site \"The Vertical\" ter divulgado a notícia, que também foi confirmada pela \"ESPN\". De acordo com o \"The Vertical\", Noah perderá as últimas dez partidas da actual temporada regular com os Knicks e cumprirá os outros dez jogos de suspensão em 2017-2018, já que a equipa de Nova York está eliminada dos playoffs.

Noah, de 32 anos, não joga pelos Knicks desde 4 de Janeiro, quando passou por uma operação de artroscopia no joelho esquerdo. O veterano pivot assinou no início da temporada com o Knicks um contrato de 72 milhões de dólares por quatro anos. No entanto, não correspondeu às expectativas e, após sofrer várias lesões, conseguiu médias de apenas 5 pontos e 8,8 ressaltos por jogo.