Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hamilton iguala marca de Senna

13 de Junho, 2017

Mercedes, Ferrari e Red Bull, mais, acabou por desistir da prova, devido a problemas mecânicos.

Fotografia: AFP

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) igualou a marca do seu ídolo de infância, o brasileiro Ayrton Senna, ao anotar a sua 65ª pole da carreira no GP do Canadá de Fórmula 1, depois de uma boa disputa com o alemão Sebastian Vettel (Ferrari). O tricampeão do mundo (2008, 20014, 2015) alcançou a pole da melhor maneira possível, com a melhor volta da história do circuito Gilles-Gilleneuve, com tempo de 1:11:459, três décimos mais rápido que Vettel.

\"Foi uma volta quase perfeita\", declarou o britânico de 32 anos.Hamilton só tem agora pela frente o alemão Michael Schumacher, dono de 68 poles, um recorde que o britânico tem tudo para alcançar ainda nesta temporada.A referência de Senna, porém, é a que mexe mais com Hamilton.\"Ayrton é o piloto que me inspirou a ser quem sou hoje\", declarou Hamilton ao receber da família de Senna um capacete original do mítico piloto brasileiro, falecido num acidente em 1994, em Imola.

\"Receber esse presente e igualá-lo é a maior das honras\", disse um visivelmente emocionado Hamilton.O brasileiro Felipe Massa fez óptimo treino com a sua Williams e largou em sétimo lugar, atrás apenas das três escuderias favoritas, Mercedes, Ferrari e Red Bull, mais, acabou por desistir da prova, devido a problemas mecânicos.

Hamilton dá festival em Montreal
Lewis Hamilton dá-se bem com o traçado do autómodro de Montreal, no domingo ganhou pela sexta vez da carreira, o Grande Prémio de Fórmula 1 do Canadá, dominou a corrida do princípio ao fim.

O piloto inglês da Mercedes soma o terceiro triunfo na temporada, está acompanhado no pódio canadiano pelo finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro de equipa, e pelo australiano Daniel Ricciardo (Red Bull)). Hamilton, triplo campeão do Mundo, deu em Montreal um festival de estratégia.