Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hamilton vence GP da Itália

08 de Setembro, 2014

Piloto da Mercedes foi o mais eficaz ontem no circuito de Monza durante a disputa do Grande Prémio de Itália

Fotografia: AFP

Lewis Hamilton conseguiu conquistar ontem mais um Grande Prémio de Fórmula 1. O circuito de Monza recebeu uma emocionante e agitada corrida. A dupla da Mercedes voltou a ser protagonista, mas desta vez quem venceu foi o britânico Lewis Hamilton. O piloto ficou na pole position, mas largou mal e foi ultrapassado pelo alemão Nico Rosberg. Entretanto, o inglês aproveitou os erros do companheiro de equipa para vencer a sua sexta prova na temporada e esquentar a luta pelo título.

A largada foi toda para Rosberg. O alemão aproveitou o mau início de Hamilton e assumiu a liderança logo de “caras”. Massa também esteve bem e passou para terceiro, enquanto o surpreendente Magnussen passou de quinto para segundo. Na quinta volta, o brasileiro aproveitou para passar o dinamarquês e entrar na luta pela ponta. Já Bottas teve de lamentar, já que saiu de terceiro para 11º.

Massa conseguiu agarrar-se à segunda posição até à décima volta, quando Hamilton concretizou a ultrapassagem. Com isso, o britânico passou a pisar fundo para  aproximar-se de Rosberg e deixar a batalha da vitória entre os pilotos da Mercedes.O alemão complicou-se  numa área de escape nas primeiras voltas e, na volta 29, voltou a errar e escapar  fora do traçado. Hamilton aproveitou a trapalhada do companheiro e retomou a liderança da prova para não largar mais.

Algumas posições atrás, o destaque ficava por conta de Bottas que tratou de recuperar posições perdias e ficou na disputa pelo quarto lugar. A disputa foi boa para Massa, que não teve assédio ao seu terceiro lugar. Quem não pôde entrar nessa disputa foi Alonso que para a decepção da claque italiana teve de abandonar a prova com o seu Ferrari.Para Felipe Massa, o fim de semana foi extremamente positivo. O brasileiro tinha  largado em quarto e terminou a prova em terceiro. O piloto não subia ao pódio desde o Grande Prémio de Espanha de 2013, em Maio do último ano, ele ainda ficou à frente do seu companheiro de equipa, Valtteri Bottas.

CONTINUIDADE
O brasileiro Felipe Massa e o finlandês Valtteri Bottas podem ser os pilotos da Williams no Mundial de 2015 anunciou ontem a equipa inglesa em Monza, onde se disputou o Grande Prémio de Itália. “Estou encantado por confirmar que Felipe e Valtteri podem correr pela Williams de novo em 2015”, disse Frank Williams, co-fundador e chefe da equipa. Massa de 33 anos chegou este ano na sua 13ª época na Fórmula 1, à Williams depois de oito anos na Ferrari e foi o único piloto a contrariar a supremacia da Mercedes na qualificação, ao conseguir a “pole position” na Áustria, prova que terminou na quarta posição. Oito anos mais novo, Bottas está a competir pela segunda época no “grande circo” e em 2014  subiu quatro vezes ao pódio, ocupa o quinto lugar do Mundial.