Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hamilton vence GP do Bahrain

Altino Vieira Dias - 01 de Abril, 2019

Tetracampeo est a um ponto do companheiro de equipa

Fotografia: AFP

Depois da tempestade vem a bonança. O adágio parece que não se aplica à Ferrari. Depois de dominarem o fim de semana, quer nos treinos livres quer na classificação, Charles Leclerc e Sebastian Vettel tiveram azar em pista no dia da corrida.

O arranque foi frenético. Sebastian Vettel ultrapassou Charles Leclerc e Valtteri Bottas ultrapassou Lewis Hamilton. Logo a seguir, Leclerc ultrapassou Vettel e Hamilton passou  Bottas e retomaram a posição inicial.

Na parte de trás, Nico Hulkenberg fez uma excelente recuperação e na nona volta já ocupava a sétima posição. Depois de ser ultrapassado, na paragem nas boxes, Vettel devolveu a ultrapassagem em pista na 23ª, mas a alegria do piloto alemão durou pouco. Lewis Hamilton voltou a ultrapassá-lo.

Os pontos críticos da corrida foram os toques entre Daniil Kvyat e Giovinazzi, Max Verstappen e Carlos Sainz, Lance Stroll e Ramain Grosjean e com o toque o abandono do último (Grosjean) na 17ª volta. O peão de Vettel e a falta de consistência do motor de Leclerc, as desistências de Ricciardo, Hulkenberg e Sainz enchem a lista.

O top 10 do  GP de Bahrein foi o seguinte: Lewis Hamilton, Valtteri Bottas, Charles Leclerc, Max Verstappen, Sebastian Vettel, Lando Norris, Kimi Raikonen, Pierre Gasly, Alexander Alborn e Sergio Pérez. Com este resultado, Bottas ocupa o primeiro lugar do campeonato de pilotos com 44 pontos, seguido de Lewis Hamilton (43) e Max Verstappen (27).

Depois de Sakhir, no Bahrein, os motores voltam a roncar em Xangai, na República Popular da China. Lewis Hamilton e Sebastian Vettel são os únicos pilotos no activo com vitórias na circuito internacional de Xangai. Hamilton venceu en 2008 e 2011 pela Maclaren Mercedes, 2014, 2015, 2017 pela Mercedes. Vettel venceu em 2009 pela Red Bull Racing Renaul.

Lewis Hamilton é maior vencedor do GP da China e tudo vai fazer para continuar com a marcha de “Imperador da China”, mas a julgar pela corrida do Bahrein, podemos ter um desejo à ficar só mesmo pelo desejo. Os ferraristas Leclerc e Vettel aparecerão em grande, apesar do azar.

Se no Grande Prémio da Austrália a Mercedes apareceu demolidora, no Bahrein, foram as Ferraris com as vitórias da Mercedes. Será que na China, vamos ter uma surpresa e assistir o ascender da Red Bull Racing Honda com o carro de Max Verstappen? No passado, a vitória foi de Daniel Ricciardo com Red Bull Racing Renault.

Então no próximo dia 14 de Abril, todos olhares vão estar postos na República Popular da China para se assistir a lutas acirradas entre os vinte pilotos e as nove equipas mais uma. A Williams parece estar a correr noutro campeonato. Em Xangai, com um percurso de 5.451 quilómetros e 16 curvas, há a perspectiva de uma boa corrida devido as várias zonas de ultrapassagens.