Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Honda desmente informaes sobre aumento de potncia

27 de Janeiro, 2016

O novo carro da McLaren, j foi aprovado nos testes da FIA, vai ser apresentado no dia 21 de Fevereiro, pouco antes do incio da pr-temporada da Frmula 1.

Fotografia: AFP

Durante o último fim de semana, o jornal espanhol "As" divulgou que a Honda  corrigiu o problema que mais a atrapalhou durante o ano de 2015, a potência de seus motores fornecidos pela McLaren. Conforme a publicação, a montadora conseguiu um aumento de 223 cv, à mais nas engrenagens.

Entretanto, a própria Honda veio a público na segunda-feira desmentir a publicação, e acalmar os ânimos dos fãs do desporto e da media especializada. "Estas informações são infundadas e meramente especulactivas, por isso, pedimos que os fãs e a media tratem o assunto desta maneira", afirmou, em nota a Sky Sports F1.

Conforme o portal, a Honda previa um aumento no máximo 70 a 150 cv de potência. Logo, um aumento de 223 cv, era realmente um salto muito grande, e que podia deixar a equipa muito mais à frente do que o esperado. O novo carro da McLaren, já foi aprovado nos testes da FIA, vai ser apresentado no dia 21 de Fevereiro, pouco antes do início da pré-temporada da Fórmula 1.

WEBBER
Entre Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e Fernando Alonso, quem escolhia? Foi a questão colocada ao ex-piloto de Fórmula 1, Mark Webber, que contou a sua preferência, em meio de uma cerimónia de prémios na Austrália. “Na Fórmula 1, os melhores pilotos estão nas melhores equipas. Lewis Hamilton sempre foi muito rápido em todas as condições, e isso, faz-lhe um piloto fantástico. Porém, Vettel sabe tirar o melhor da equipa e tapar o seu ponto fraco”, disse Webber.

Incluindo Fernando Alonso na sua lista dos melhores da actualidade, Webber não ficou em cima do muro, na hora de escolher o seu preferido. “Se tivesse que escolher um dos três, escolhia Sebastian Vettel. Por essa sua capacidade”, completou. O actual piloto da Ferrari possui quatro títulos mundiais da F1, conquistados em 2010, 2011, 2012 e 2013. Mark Webber e Sebastian Vettel correram juntos na equipa Red Bull.