Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Horner desvaloriza treinos classificativos

01 de Março, 2016

o competidor mais lento a cada 1min30s deixa a actividade até que sobre apenas o "pole position".

Fotografia: AFP

O novo sistema de treinos classificativos para as corridas da Fórmula 1 não deve ser um problema para as equipas. Pelo menos, é o que acredita o chefe da Red Bull, Christian Horner, que vê poucas mudanças em relação ao formato utilizado pela categoria. A novidade só deve entrar em vigor no GP de Espanha, quinta etapa do calendário.

Os treinos da F1 vão continuar divididos em três etapas, Q1, Q2 e Q3, mas os pilotos vão ser eliminados apenas ao fim de cada estágio. Segundo a proposta aprovada pelas equipas e a Federação Internacional de Automobilismo, o competidor mais lento a cada 1min30s deixa a actividade até que sobre apenas o "pole position". Isso ia deixar o evento mais dinâmico.“Não é uma grande mudança em relação ao sistema actual. Só dá ênfase maior em acertar nas primeiras voltas.