Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hospital desmente morte de "Schumy"

08 de Fevereiro, 2014

O hospital no qual Michael Schumacher está internado, desmentiu o rumor divulgado em redes sociais, segundo o qual o ex-piloto alemão tinha morrido

Fotografia: AFP

 O último comunicado oficial sobre o estado de saúde do heptacampeão mundial de Fórmula 1 data de 30 de Janeiro, quando a porta-voz de Schumacher anunciou que os médicos que o atendem tinham reduzido a sua sedação, para que começasse o processo de tirá-lo do coma induzido.

“Os sedativos administrados a Michael foram reduzidos há pouco para começar o processo de despertá-lo, que pode durar muito tempo”, disse na ocasião Sabine Kehm em comunicado emitido no meio de uma onda de informações sobre a situação do ex-piloto.


Schumacher em estado vegetativo persistente

O quadro clínico de Michael Schumacher continua reservado, mas nos últimos dias têm surgido notícias na imprensa alemã que dão conta do estado delicado do antigo piloto de Fórmula 1.

O piloto alemão sofreu graves danos cerebrais no passado mês de Dezembro, na sequência de um grave acidente de esqui nos alpes franceses, e as informações que veiculam na imprensa alemã não são as mais animadoras.

Michael Schumacher está internado no hospital de Grenoble, em França, onde há duas semanas os médicos iniciaram o processo de saída do coma induzido sem grandes desenvolvimentos clínicos.

Na Alemanha, o estado de saúde de Schumacher já levou vários especialistas a comentar os eventuais cenários, nomeadamente o médico chefe do hospital de Hamburgo, Heinzpeter Moecke, que disse esta quinta-feira à imprensa alemã que o “estado de Schumacher é muito delicado e que se encontra num estado vegetativo persistente”.