Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hula intensifica a massificao

lvaro Alexandre - 03 de Dezembro, 2014

Ginastas da Hula pedem s autoridades nacionais bolsas de estudo para formao no exterior afim de realizar os sonhos de especializao na rea dos desportos

Fotografia: Jos Soares

A conquista da medalha de ouro na categoria de salto em tumbling, da Taça de Angola, constitui a mola impulsionadora para intensificar o programa de massificação, no interior da província da Huíla. Aliada à intenção estão os meios disponibilizados recentemente pelo governo da província da Huila, que reforçam o quadro material da prática de ginástica.

A manifestação do presidente da Associação Provincial dos Desportos Individuais da Huíla, Juka Fernandes, foi feita quando se pronunciava sobre o estado actual da ginástica naquela região. O responsável associativo assegurou que o governo local disponibilizou colchões, bolas, arcos, fitas entre outros meios, em reposta aos apelos feitos.Os materiais servem de suporte para o programa de massificação da ginástica, do próximo ano, nas diferentes municipalidades. As escolas de Lubango estão “bem apetrechadas”, razão de não constarem da lista de beneficiados.

“Vamos começar pelos municípios mais próximos, como os da Chibia, Humpata, Quipungo, Cacula e Matala, no sentido de sensibilizar e movimentar o maior número de praticantes”, disse.Juka Fernandes ressaltou que a Huíla é uma potência na formação de ginastas.Três atletas são seleccionados com frequência para disputar provas internacionais. Por isso, “todos os apoios são bem-vindos”.A Associação dos Desportos Individuais da Huíla controla mais de 70 atletas entre cadetes, iniciados, juvenis, juniores e seniores. A cidade do Lubango acolheu a VI edição da Taça de Angola, ganha pela província de Benguela, por equipa.
  
JULMIRA PEDE
BOLSA DE ESTUDO

Depois de conquistar duas medalhas de ouro no salto em tumbling individual e ginástica rítmica, Julmira Jepele Segundo, da província da Huíla, prometeu afirmar-se na arena internacional.  Para o efeito, a menina de 12 anos de idade, apela ao Governo de Angola e à Federação Angolana de Ginástica uma bolsa para formação profissional no exterior do país.  A adolescente disse sentir-se ambiciosa e quer formar-se numa das Academias de ginástica, porquanto admira o desporto.

“Recentemente, atingi boa classificação no Campeonato do Mundo realizado nos Estados Unidos. Estou a trabalhar com a ajuda dos meus treinadores e só com esse empenho surgem os resultados positivos”, realçou a ginasta.Julmira Jepele Segundo tem participações nos campeonatos do Mundo e africanos. Na última competição, conquistou medalhas de ouro nas especialidades de salto em tumbling individual e ginástica rítmica.