Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Huíla ultima preparativos

Gaud?ncio Hamelay, no Lubango - 19 de Abril, 2017

Pugilistas acertam pormenores antes de entrar em cena

Fotografia: José Soares | Edições Novembro

O governo da província da Huíla está empenhado na conclusão, até a próxima semana, e na melhoria das condições técnicas e administrativas para albergar entre os dias 25 do corrente mês a 1 de Maio o Campeonato Africano da Zona IV de boxe na cidade do Lubango.

Os balneários degradados,  casas de banho do pavilhão multiusos da Nossa Senhora do Monte e recinto desportivo para os combates ofiais deixam de ser preocupação devido a trabalhos de intervenção em curso.Para mais serenidade e responsabilização na organização do evento, realizou-se na segunda-feira, a primeira reunião do comité de preparação, presidida pela vice-governadora da Huíla para o Sector Político e Social, Maria João Tchipalavela.

Durante o encontro, foram criadas comissões de trabalho e distribuição de tarefas por  grupos. Deste modo, até à próxima semana, as comissões de Segurança,  Transporte, Técnica e Infra-estruturas vão trabalhar para que as condições estejam criadas e permitir que a província albergue o africano da Região IV com sucesso.

Joaquim Barbante Tyova, Director provincial da Juventude e Desportos da Huíla, admitiu haver a necessidade de melhorias em alguns aspectos, mas os membros do comité organizador  participantes do primeiro encontro foram unânimes de que a Huíla vai acolher o Campeonato Africano de Boxe da Zona IV.

O responsável do órgão que zela pelas políticas desportivas na província assegurou que o governo está todo empenhado e espera que na próxima semana o evento arranque sem nenhum embaraço.“De facto, há necessidade de melhorias em alguns aspectos, mas fomos unânimes que a Huíla vai acolher o campeonato africano da zona IV. Estamos a trabalhar nas melhoria das condições.

O governo está todo empenhado e esperamos que a próxima semana arranque a prova internacional. Há um esforço a ser feito na própria infra-estrutura desportiva, pois há intervenções que o governo tem de fazer. Mas estamos em condições de albergar o Campeonato Africano da Região IV”, assegurou o dirigente.

No entanto, a Selecção Nacional de boxe trabalha actualmente na província do Huambo e é aguarda hoje, quarta-feira, no Lubango, para dar continuidade à preparação nessas paragens, com vista a adaptar-se ao clima. A delegação da Federação angolana de Boxe encabeçada por Carlos Luís e o Director Nacional para políticas desportivas do Ministério da Juventude e Desportos, António Gomes, chegam a qualquer momento à cidade do Lubango.

De salientar, que 180 atletas em ambos os sexos, em representação de 12 países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), mormente Angola, África do Sul, Botswana, Lesoto,  Madagáscar, Malawi, Moçambique, Namíbia, Ilhas Seychelles, Suazilândia, Tanzânia e Zimbabwe, disputam o troféu da região IV nas 10 categorias de peso  em masculino e femininos,As selecções estrangeiras participantes começam a chegar a província da Huíla no dia 23  do mês em curso. A África do Sul é a primeira a desembarcar na cidade de Lubango para se ambientar com o clima da Chela.