Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Huilanos almejam lugares de pdio

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 07 de Dezembro, 2019

Fotografia: Edies Novembro

Os xadrezistas, da província da Huíla, que disputam o campeonato nacional de xadrez, por equipa, em ambos sexos, cujo arranque acontece hoje, sábado, com o término no próximo dia 14, na cidade de Moçâmedes, província do Namibe, almejam conquistar os lugares de pódio.
Nesta competição, a província tem metas bem definidas, vai estar representada pelo Clube Ferroviário da Huíla (campeão provincial por equipa), Clube Desportivo da Huíla (CDH), Brazoni, Núcleo da Saúde e o Sport Lubango e Benfica.
A participação, em vários torneios internos, organizado pela Associação provincial de xadrez, serviu para potenciar os xadrezistas huilanos que a partir de hoje competem no nacional da modalidade, que a cidade de Moçâmedes alberga até ao próximo dia 17 do corrente mês.
 Vicente Silva, presidente de direcção da Associação Provincial de Xadrez da Huíla, garantiu que os jogadores foram potencializados ,de modos a encarar com responsabilidades as partidas e efectuar bons resultados.
 A preparação das equipas, disse o dirigente, incidiu com maior rigor no aprimoramento dos aspectos ligados à abertura, táctica, estratégia e finais, assim como pormenores da gestão do tempo.
 Vicente Silva apontou que as partidas, nos campeonatos nacionais de xadrez, obrigam a melhor aptidão dos xadrezistas, daí, que houve a necessidade de aperfeiçoar as suas estratégias de jogadas.
 Mencionou que os xadrezistas dos clubes huilanos, estão habituados a fazer jogadas rápidas, enquanto é preciso jogar lento, estudar mais os aspectos técnicos e táctica, pelo facto de no campeonato nacional ser disputado num sistema clássico.
 “Então, é preciso que os nossos jogadores estejam preparados para jogarem partidas lentas e pensarem. O que tenho visto é que têm jogado, como se fosse partidas rápidas. Mas não. Têm de pensar, porque o xadrez é uma ciência. Então, foi preciso que estudassem as tácticas, aberturas, jogos e finais de partidas, para terem uma boa representatividade neste nacional”, ressaltou.
 O clube Ferroviário da Huíla, na qualidade de campeão provincial, por equipa, realizou uma preparação de forma a melhorar a classificação da edição passada.