Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Huilanos auguram ttulo nacional

Gauncio Hamelay no Lubango - 10 de Agosto, 2019

Fotografia: Edies Novembro

O Misto da Huila desembarca no dia 13 do corrente na cidade do Huambo com objectivo de conquistar nas classes masculina e feminina os campeonatos nacionais absolutos de jiu-jitsu a decorrer de 14 a 17 do corrente. A manifestação é do presidente de direcção da Associação provincial da modalidade, António Chassingui.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o dirigente assegurou "a determinação e a convicção" dos 20 atletas eleitos para a conquista de medalhas em disputa nas categorias de -50kg, -60kg, -75kg, -80kg e -90kg. Do lote de atletas, oito são mulheres."Em relação ao campeonato de 2018, em Ndalatando, creio que a nossa selecção vai produzir melhor resultados. O número de atletas é suficiente para se obter medalhas, apesar de constarem oito do sexo feminino", disse.

António Chassingui revelou "temer" as selecções de Luanda e do Uíje pela qualidade elevada dos seus atletas. As restantes 15 não constituem "ameaças" por estarem abaixo dos níveis competitivos dos huilanos.  Na classificação geral por equipa, a Huíla ocupa a terceira posição de forma consecutiva em igual número de competições. Em individual, ostenta os títulos de campeão nacional na categoria de -62kg.

"Se Luanda e Uíje não se preparem muito bem, este é o nosso ano de levar todos os títulos. A nossa atleta Marcela Caliqui está em boa forma desportiva na categoria de -50kg. É a garantia da medalha de ouro", afiançou.

O capitão da selecção, Ivandro dos Anjos, da categoria +90kg, reiterou a capacidade de abnegação do grupo durante a fase de preparação em que alguns colegas e a equipa técnica privilegiam as técnicas de braços ante as dificuldades na defesa e no ataque."Estamos a suprir as debilidades até o dia da viagem. Estou preparado para regressar ao Lubango com a medalha de ouro ao peito", garantiu.