Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Huíla apresenta candidatura

Gaud?ncio Hamelay-Lubango - 14 de Setembro, 2017

Campeã do Mundo participou no desfile de moda da marca Leila Gaspar

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

O director técnico da Federação Angolana de Voleibol (FAVB), José Monteiro, avalia nos próximos dias no Lubango as condições técnicas e logísticas colocadas à disposição para o campeonato nacional da modalidade, na versão de sala. O dirigente vai trabalhar com a Associação Provincial local, entidade que apresentou a candidatura para acolher o evento no mês de Novembro.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o presidente da FAVB, Valentino Domingos, confirmou a recepção da única candidatura para acolher o evento de seniores. Para validar a solicitação, o dirigente federativo assegurou que aconselharam a Associação da Huila a escolher uma data  que não interfira com o calendário escolar.

\"Confirmo a recepção da candidatura da Associação da Huila para acolher os nacionais de voleibol da categoria sénior. Aconselhamos a nossa filial a definir uma data que não prejudique os estudantes e os alunos\", disse.O presidente da Associação Provincial da Huila, Henriques Gama, assegurou que aguardam a chegada dos responsáveis da área técnica da FAVB para trabalharem na avaliação das condições técnicas e logísticas. A ansiedade de acolher o evento nacional é grande.

\"Estamos a crer que o campeonato nacional sénior vai decorrer na nossa cidade. Aguardamos apenas pela confirmação da FAVB\", disse o diregente.
A direcção de Henriques Gama já trabalha com as entidades locais na criação de condições necessárias para acolher o evento desportivo sem sobressaltos.

PREPARAÇÃO
DE NACIONAIS

Para melhor participação na competição nacional, as equipas da Huila preparam-se afincadamente. No sábado, a Associação local organiza as meias finais do campeonato provincial de voleibol com a participação das equipas do Namibe. Em busca da final, a ser disputadas a melhor de três jogos, defrontam-se, na classe feminina, Sporting do Lubango - Estrela do Palácio e Atlético do Namibe - Desportivo da Chela. Em masculino, Atlético do Namibe joga com Sporting do Lubango e Estrela do Palácio enfrenta Heja Sport Clube.

Desde o lançamento do torneio, as equipas evoluíram, segundo Henriques Gama. Hoje, os níveis competitivos são consideráveis e, por esse facto, \"os amantes vão ver jogos bem disputados até à realização da grande final\" marcada para o dia 23 do corrente.\"A segunda fase está a ser disputada a melhor de três jogos entre as primeiras quatro equipas aos sábados. A finalíssima vai ser no domingo, em caso excepcional\", disse.

DESENVOLVIMENTO
Clubes da região Sul devem investir no desporto

Henriques Gama defendeu que o desenvolvimento do voleibol na região Sul não depende das Associações provinciais, mas dos clubes interessados em promover o desporto. O crescimento acontece desde que se aproveita o grande material humano à disposição. O presidente da instituição huilana sustenta que a competição iniciada em Abril, absorve um número considerável de jovens. Com mais trabalho, são potenciais candidatos à selecção nacional. Os 114 jogos da primeira fase conferiram aos atletas a oportunidade para elevarem as suas performances desportivas. Os contratempos e alguns problemas não inviabilizaram os jovens.

\"Houve a falta de espaços para a realização de algumas jornadas, mas tudo decorre bem para que tenhamos uma grande final\", disse.Henriques Gama asseverou que as duas equipas do Atlético do Namibe (masculina e feminina) dão à competição um maior nível competitivo. A província do litoral Sul tem uma \"tradição muito grande\" no voleibol.\"Vamos ter um voleibol de elevada qualidade na final, tendo em conta o pergaminho de cada uma das equipas. O material humano huilano garante a continuidade da modalidade\", disse.

No rescaldo dos primeiros jogos das meias finais, na classe feminina, o Atlético do Namibe derrotou Desportivo da Chela por 3 sets a 1 com parciais de 15-25; 25-18; 25-18 e 25-16. A Estrela do Palácio venceu dificilmente o Sporting do Lubango por 3 sets a 1 com parciais de 25-21; 25-13; 18-25 e 26-24.Em masculino, o Atlético do Namibe ganhou ao Sporting do Lubango por 3 sets a zero com parciais de 25-17, 25-13 e 25-18. O jogo entre a Estrela do Palácio e Heja Sport Clube não terminou por questões técnicas.Gh

BASQUETEBOL
Crisngunza  é campeão nacional


A equipa de basquetebol sénior masculina do Crisngunza de Benguela sagrou-se campeã da sexta edição do Campeonato Nacional de basquetebol da segunda divisão, após ter vencido na final a Helmarc de Luanda por 78-39, no Pavilhão Arena Palanca Negra Gigante, em Malanje. O Crisngunza dominou toda a partida. Ao intervalo  tinha a vantagem de 16 pontos (31-15). A vontade de ganhar era tanta que a habilidade de jogadores veio ao de cima na segunda parte do jogo. Com jogo ofensivo forte, a equipa de Benguela ofuscou os ataques dos jovens de Luanda. Heide Camundonda destacou-se como o melhor cestinha da partida com 12 pontos, na equipa das acácias rubras.

Na fase regular, os campeões nacionais da segunda divisão terminaram com seis pontos contra oito do vice-campeões. Em declarações à imprensa, no final do jogo, o técnico do Crisngunza, Manuel Silva, garantiu que a equipa vai continuar a trabalhar para aparecer bem no BIC Basket 2017-2018.
\"É uma competição muito séria em que jogam os melhores de basquetebol de Angola\", disse.

Sem a mesma alegria, o técnico do Helmarc de Luanda, Elvino Dias, considerou que o mais importante é o apuramento da equipa à primeira divisão. A derrota não tem grande relevância. Por esse facto, felicitou o comité pelo nível de organização em que se destaca as condições necessárias à disposição das equipas.Noutro jogo das classificativas do terceiro ao quarto lugar, a Casa Pessoal do Porto do Lobito venceu o Malanje Sport Clube por 53-39.As três primeiras classificadas apuraram-se para o Bic Basket.

DESPORTO ESCOLAR
Associação chega
aos municípios


A Associação Provincial dos Desportos Escolares de Malanje, a ser criada em Outubro, no âmbito de um projecto de desenvolvimento do sector desportivo 2014/2024, vai expandir e impulsionar a implementação de várias modalidades ns diferentes municípios para melhorar a presença nas competições nacionais.

A afirmação é do director provincial da Juventude e Desportos, Fernandes Cristóvão, após o encontro que manteve com os membros da comissão instaladora da Associação, que visou traçar as estratégias para a implementação à luz do plano executivo do desenvolvimento do desporto nas escolas.

A participação de equipas malanjinas, em campeonatos nacionais, tende a decair, segundo o responsável. Por isso, a direcção da Juventude e Desportos e parceiros trabalham na massificação desportiva nas escolas, por constituir a base fundamental para a formação de novos valores de futebol, basquetebol, voleibol, atletismo, ginástica, xadrez e outras.Fernandes Cristóvão assegurou que a província dispõe de recintos apropriados para a prática de desportos.