Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hula festeja aumento de praticantes

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 20 de Dezembro, 2018

O aumento de praticantes em 2018 foi a nota de destaque do relatório de actividades da Associação Provincial de Xadrez da Huila. A cifra de 65 xadrezistas resultou do empenho e dedicação das direcções dos clubes Ferroviário da Huíla, Benfica do Lubango, Interclube da Huila, Clube Desportivo da Huila, Escola SOS-Águas Preciosa, Amigos da Mitcha do Lubango e individuais.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o presidente da Associação, Vicente Silva, considerou de \"positivo\" a gestão do ano corrente. O empecilho reside na arrumação dos números.
\"Estamos com problemas de estatísticas. Temos jogadores não associados, mas participam de torneios. Já os pedimos para se inscreverem na Associação. Ao todo, podem superar cem. Estão controlados na nossa instituição 65 xadrezistas, em ambos os sexos e em diferentes escalões\", disse.
Das actividades programadas para 2018, a Associação da Huila não realizou apenas os campeonatos provinciais dos escalões de juvenil e de juniores por questões financeiras.
\"O xadrez na Huila está a crescer. Constatamos equilíbrio competitivo nas provas realizadas na província. Os clubes participaram em quase todos os campeonatos nacionais e obtiveram resultados bons e razoáveis\", disse.
Zonal B, Campeonato Nacional Absoluto e Festival de Xadrez de fim de ano são algumas provas sob a égide da Federação Angolana de Xadrez em que os huilanos marcaram presença. Em Porto Amboim, a Huila apurou dois jogadores no Zonal B para Nacional Absoluto que decorreu no Huambo.
Quanto ao apoio, Vicente Silva exaltou a empresa Águas Preciosas, que se predispõe a patrocinar a instituição, e o Instituto Superior Politécnico da Arimba pela cedência de um gabinete para acolher a sede da Associação. A Universidade Mandume Ya Ndemufayo e as Faculdades de Economia e de Direito também mereceram o reconhecimento.
Vicente Silva revelou que enfrentam dificuldades para cobrir a demanda de atletas.
\"Há falta de material de xadrez e não conseguimos cobrir a avalanche de jogadores nos torneios\", disse.
Osnilque Kaquebo, Paulo Cabuco, Osvaldo David, Domingos Viegas e António Mulangui são os atletas que se destacaram no desporto-ciência na província. Ferroviário da Huíla conta com os xadrezistas com créditos bem firmados e representam com dignidade a província nas provas nacionais.