Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hula forma professores para massificao na provncia

18 de Agosto, 2018

Disciplina poder conhecer um novo desenvolvimento

Fotografia: Eduardo Pedro | Edies Novembro

Um projecto de massificação do xadrez vai formar até ao final deste mês, 20 professores para ministrarem as aulas da modalidade, em escolas dos municípios do Lubango, Chibia e Humpata, informou ontem, no Lubango, o presidente da Associação Provincial da Huíla, Vicente Silva.
A formação que está na sua primeira fase, teve início no pretérito dia14 do mês em curso e visa instruir professores que vão monitorar aulas de xadrez nas escolas, a partir de Setembro para alunos interessados.
Em declarações à Angop, a margem da terceira edição do Torneio de Xadrez denominado “Nossa Senhora do Monte”, o responsável afirmou que a expectativa é de a associação conseguir paulatinamente que as escolas tenham o Xadrez como um desporto que ajuda os alunos a compreenderem melhor a matéria, aumentando o grau de assimilação, ajudar a resolver problemas com maior facilidade, desenvolvendo o pensamento lógico.
Lamentou ainda terem um grau de aceitação tímido por parte das escolas, por ser ainda uma modalidade pouco valorizada pelos populares, mas estão a sensibilizá-las para a importância do xadrez nos locais, com a formação de pessoas nas próprias escolas, para motivar tanto os professores como os alunos a aderirem a prática.
“O projecto está na sua primeira fase, em que o patrocinador nos apoia a formar os professores para depois ajudar a massificar para as escolas e municípios. Temos tendência de avançarmos para Cacula Quilengues, na segunda fase”, realçou.
Para a formação, salientou que têm apoio e para os professores que posteriormente vão ministrar a ciência, a associação vai indicar onde podem adquirir o material para compra, pois a organização não possui verbas para comprar e distribuir o equipamento nas escolas.
Fez saber que actualmente a associação está a actualizar a estatística dos seus jogadores, uma vez que as escolas não estão a pontualizar os dados dos seus atletas, por desistência, mudança de clubes ou de escola.
Salientou que a organização tem enfrentado dificuldades de material, pois actualmente têm trabalhado com o seu patrocinador oficial, que é a fábrica de Água Preciosa e outro, a Coca-Cola, insuficientes para tal.
A associação durante o ano, tem ainda agendado os torneios e campeonatos como o “Herói Nacional” em Setembro, o provincial por equipas em Outubro, o da Independência Nacional em Novembro, do dia Mundial do Xadrez, 19 de Novembro e a preparação para o \'\'Nacional\'\', a ser disputado em Malanje, no mês de Dezembro.