Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

IAAF prepara resposta denncia de doping

04 de Agosto, 2015

A IAAF est consciente das graves alegaes feitas contra a integridade e competncia do seu programa anti-doping

Fotografia: AFP

A  Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), prepara uma resposta à denúncia de múltiplos casos de doping, no atletismo. Depois de ser alvo de uma reportagem conjunta entre o jornal britânico “Sunday Times” e a emissora alemã “ADR/WDR”, a entidade emitiu nota no seu site, no domingo, a informar o procedimento a tomar sobre a acusação  doss veículos de comunicação de terem agido sem o seu “consentimento”.

De acordo com o periódico britânico, o programa anti-doping da IAAF é suspeito de encobrir possíveis casos, em que atletas utilizaram substâncias proibidas para a prática de provas no atletismo. Os meios de comunicação tiveram acesso a 12 mil exames de sangue de cinco mil atletas para a produção da reportagem investigativa, que aponta resultados anormais ou altamente anormais em 800 atletas, muitos deles nunca levados a julgamento.

“A IAAF está consciente das graves alegações feitas contra a integridade e competência do seu programa anti-doping”, disse a entidade em comunicado oficial. “As alegações foram transmitidas pela “WDR (ARD)” na Alemanha, no sábado) e repetidas num artigo no jornal “Sunday Times” no domingo. Elas baseiam-se em grande parte de análises de uma base de dados da IAAF, em que dados médicos privados e confidenciais foram obtidos sem consentimento.

A IAAF agora está a preparar uma resposta detalhada para ambos os meios de comunicação e reserva-se o direito de tomar quaisquer acções necessárias para proteger os direitos da IAAF e os seus atletas”, acrescentou.Ainda de acordo com o “Sunday Times”, um terço das medalhas conquistadas em Campeonatos do Mundo e Jogos Olímpicos entre 2001 e 2012 foram de atletas que tiveram exames suspeitos, porém, não tiveram os resultados contestados. De acordo com a reportagem investigativa, cerca de 800 atletas podem ter utilizado substâncias ilegais.

COI
Frisbee ganha estatuto
de modalidade olímpica

O desporto de lançamento de um disco, conhecido como frisbee, foi no domingo oficialmente reconhecido como modalidade olímpica, pelo Comité Olímpico Internacional (COI), permitindo que se candidate a integrar o programa dos Jogos.Depois de cumprir os critérios, para se tornar num desporto olímpico, incluindo a existência de 62 federações nacionais e salvaguardar a igualdade de género, a Federação Mundial de Disco Voador (WFDF) recebeu o aval na 128ª sessão do COI, em Kuala Lumpur.

Jogos Olímpicos  2024
COI altera processo
de candidatura das cidades


O Comité Olímpico Internacional (COI) alterou no domingo, em assembleia geral na Malásia, o processo para escolha da sede dos Jogos Olímpicos de 2024, ao retirar a fase de selecção eliminatória e permitir que todas as cidades candidatas cheguem à votação final. A decisão anunciada pelo COI, abre a possibilidade a que até sete cidades possam competir pela sede olímpica, numa campanha mundial de dois anos de duração. Este movimento, elimina uma lista reduzida de finalistas, como aconteceu em anos anteriores.

“Há muitas  candidaturas, mas isso, é um problema positivo”, declarou o director executivo do COI para Jogos Olímpicos, Christophe Dubi. A mudança foi anunciada pouco depois da complicada disputa pela sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, quando ficaram  duas candidatas após a saída de quatro cidades europeias, por causa de razões políticas ou económicas. Pequim levou a disputa contra Almaty, no Cazaquistão, numa apertada votação.

“Não poderíamos utilizar o mesmo método do passado”, afirmou Dubi. “Seria injusto afirmar que haveria uma eliminação. Temos de modificar a forma como fazemos as coisas”, concluiu. O prazo para a apresentação de candidaturas termina a 15 de Setembro. Até ao momento as cidades candidatas são Paris, Roma, Hamburgo e Budapeste. Boston retirou-se da corrida, na semana passada, mas o Comité Olímpico dos Estados Unidos planeja apresentar uma candidatura, que segundo previsões deve ser Los Angeles. Toronto e Baku que é a capital do Azerbaijão, também estudam se apresentam as candidaturas.