Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Igor Silva e Benfica triunfam na I volta a Angola

Álvaro Alexandre - 18 de Outubro, 2015

Ciclista do Benfica de Luanda teve que redobrar esforços para vergar os franceses na última etapa da primeira edição da Volta a Angola que hoje faz disputar o circuito fechado

Fotografia: José Soares

O ciclista Igor Silva, do Benfica de Luanda, sagrou-se ontem, na Centralidade do Kilamba, o grande vencedor da I edição da Volta a Angola, com o tempo de 24 horas e 10 minutos e 47 segundos. O corredor, oito vezes campeão nacional, festejou a título com jubilo e ofereceu a vitória da X e última etapa da prova internacional a população da capital do país, Luanda.

A última etapa foi caracterizada pelo despique. Os atletas geriram a competição repartidos em dois blocos. A vitória atribuída a multidão que se deslocou a cidade do Kilamba foi arrancada ao sprint.

Igor Silva teve que redobrar o esforço para vergar os franceses. A etapa de 87 quilómetros foi conquistada com o tempo de 2 horas, 11 minutos e 6 segundos. A última prova foi  disputada no percurso Caxito, Porto Quipiri, Desvio para Dande, Panguila, Posto Policial de Cacuaco, Ponte do Cacuaco, Via Expresso, Viana, Centralidade do Zango e termino na Centralidade do Kilamba.

Os melhores classificados foram o Igor Silva (Benfica de Luanda), Noel Richet )Clubs de la Défense de França), Mederic Clain (Clubs de la Défense da França), Grzegorz Kwiatkowski (Clubs de la Défense da França), Koro Mayele (República Democrático do Congo), e Mauro Alfredo (Mucumbi do São Tomé e Príncipe).
 
O Culbs de la Défense da França triunfou na X etapa por equipas e o Benfica de Luanda quedou-se na segunda posição.

A  Volta a Angola em bicicleta arrancou no  dia 7 do corrente mês  e encerou ontem. O percurso foi o seguinte:  Cuito (Bié), Huambo, Benguela, Cuanza Sul e Norte, Malange, Uíge, Bengo e Luanda. As 10 etapas ocuparam uma extensão de estrada de  1156,8 quilómetros e o vencedor terminou com o tempo de 24 horas e 10 minutos e 47 segundos. O camisola amarela obteve quatro primeiros lugares, três segundos postos, um terceiro  e  dois quartos lugares.

Na classificação geral, o Benfica de Luanda ficou em primeiro lugar, com o tempo de 74 horas e 8 minutos e 34 segundos.

Com a conclusão da Volta a Angola os vencedores das camisolas foram Igor Silva (amarela), Mário de Carvalho (vermelha), françês Noel Richet (verde escura), Cruz Tuto (bolinhas), Dário António (branca), Bruno Araujo (verde alface) e Lucas Camilo (Angola 40 Anos). O Bruno Araújo, do Benfica de Luanda,  foi indicado pela organização como atleta revelação.

O comité organizador da I edição da Volta a Angola em bicicleta vai realizar hoje, às 9 horas, na Praça da Independência, uma etapa de circuito fechado de 30 quilómetros. A prova de consagração não vai contar para classificação. A mesma vai servir de prenda para a população que não teve a oportunidade de viver as emoções do rolar das rodas bicicletas do Benfica de Luanda, Clubs de la Défense de França e da Selecção da República Democrática do Congo.

A exibição vai ser assegurada pelos ciclistas do Benfica, Clubs de la Défense da França, República Democrático do Congo, Jair Transportes de Benguela, Selecção Nacional de Esperanças, Clube D´Helvetia de Portugal, Santos Futebol Clube de Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Hotel Luso de Benguela e Nocebo-Cuca do Huambo.