Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Inscries abertas para a poca'2016

Hlder Jeremias - 09 de Março, 2016

A abertura da poca desportiva est aprazada para prxima semana.

Fotografia: Jornal dos Desportos

As inscrições dos pilotos concorrentes nas categorias 250cc,150cc e 450cc (moto quatro) do Campeonato Provincial de Motocross de Luanda começam hoje na sede da Associação provincial de Luanda, localizada junto ao circuito internacional Jorge Varela, a Gamek.

A informação foi avançada ontem ao Jornal dos Desportos pelo secretário-geral da Associação, Eduardo Lusito André. O dirigente  trabalhou ontem na sede da instituição acompanhado de outras personalidades de proa. O feriado, em alusão ao Dia Internacional da Mulher, foi aproveitado pelos pilotos para uma ligeira sessão de treinos livres.

Para a inscrição, os pilotos devem apresentar o bilhete de identidade, atestado médico, fotografias e prova de habilidade, para individuais, ao passo que as respectivas equipas devem emitir um termo que atesta a respectiva vinculação, segundo o dirigente da Associação.

Eduardo Lusito André enalteceu o facto da direcção ora eleita, dirigida pelo antigo motoqueiro Carlos Soweto, estar a ser contactada por vários jovens aspirantes às competições, pelo que considera "um indicador de vitalidade do motocross quer em Luanda, quer noutras províncias que pretendem massificar o espectáculo sobre rodas.

Questionado sobre os meandros da realização da primeira edição do Campeonato Angolano de Motocross, sob auspícios da Federação Angolana de Desportos Motorizados, Eduardo Lusito André aproveitou para deixar vincada à disposição dos associados em levar adiante a empreitada. O dirigente informou que neste âmbito, "a direcção da Associação de Luanda vai reunir em breve com a Federação de Desportos Motorizados". 

O executivo da Associação apelou aos governos das províncias, onde o Campeonato Angolano vai ser disputado, a dar o apoio necessário para que o público seja contemplado com eventos de grande envergadura. A mensagem é extensiva a demais províncias que queiram realizar os Grandes Prémios.

"Para uma questão de racionalizarmos o tempo, é necessário que os governos provinciais acautelem as necessidades logísticas e de acomodação, ao passo que a componente técnica e administrativa fica sob a nossa responsabilidade. No entanto, a experiência, que tivemos em edições passadas, nos permite antever eventos de boa qualidade em Luanda e demais províncias", perspectivou Eduardo Lusito André. A abertura da época desportiva está aprazada para próxima semana.
HELDER JEREMIAS