Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Instrutores de Fitness em formao

17 de Fevereiro, 2017

Profissionais de Eduao Fsica vo ser credenciados na Huila

Fotografia: Jornal dos Desportos

Para garantir a boa qualidade de exercício e de preparação física nos seio dos praticantes, 30 formandos frequentam o primeiro curso de instrutores de Fitnes, nos pacotes de musculação e aulas em grupo, que decorre até à próxima segunda-feira na cidade de Lubango.

Durante uma semana de intensa carga horária (manhã, tarde e noite), os participantes do curso promovido pelo Konceito Formação de Instrutores de Fitness de Angola (KFPIFA), em parceria com a Associação Provincial dos Desportos Individuais da Huíla (APDIH), estão a tomar conhecimento de matérias ligadas à anatomia (conceitos gerais, osteologia e astrologias, miologia), cinesiologia (planos de movimento), metabolismo energético (Bioenergética), avaliação física (avaliação do perfil de saúde e estratificação de risco, avaliação da composição corporal, avaliação da condição física), prescrição de exercício (princípios de treino, periodização), construção de programas de treino (treino de força e de resistência), assim como sessões práticas no ginásio Super Flex.

Ilídio Gomes e Zanguilo João são os formadores provenientes de Luanda que ministram as aulas teóricas e práticas desde segunda-feira passada.

O presidente da Associação Provincial dos Desportos Individuais da Huíla, Juka Fernandes, manifestou-se satisfeito pela vontade de jovens que prestam serviços nos diversos ginásios e ao ar livre. A avidez de aprender circunscreve o elevado número de participantes na formação. Participam do evento representantes dos ginásios Super Flex (localizado no Complexo Turístico e Desportivo da Nossa Senhora do Monte), Eth Clube (centro da cidade), JPS (bairro da Mitchia), só para citar esses. São as que apresentam melhores condições de funcionalidade.

“Há muito interesse de jovens que trabalham, nos ginásios e em grupos nas ruas, com a ginástica aeróbica, musculação. Os prelectores também estão a corresponder com as nossas expectativas. Há muita adesão. Por isso, vamos perspectivar para breve a realização da segunda fase dessa formação", disse.

As aulas teóricas e práticas decorrem em dois horários. No período da manhã acontece das 11h00 às 15h00 e à noite entre às 18h00 e às 21h00.

Face à grande adesão de jovens, Juka Fernandes prometeu que a sua associação vai continuar a impulsionar e mobilizar os agentes a abrir ginásios nos bairros e trabalharem ao ar livre com determinados grupos, sobretudo, as senhoras, jovens, adolescentes e crianças.

O objectivo é elevar o número de monitores nas áreas de fitness, musculação e aeróbica para melhorar a qualidade de saúde dessas franjas sociais. Para Juka Fernandes é imperioso viver "sem riscos de contrair lesões graves".

“Com a realização da primeira acção formativa, vamos continuar a proporcionar valências profissionais para evitar o surgimento de ginásios não certificados. Todas os ginásios devem ser cadastrados e autorizados a efectuar esse tipo de trabalho", disse.

Aos ilegais, Juka Fernandes promete "penalização" a fim de se evitar problemas de saúde nas pessoas interessadas nesses tipos de serviços.

“Os instrutores dos ginásios estão a frequentar o curso. Por isso, no fim da formação, vamos testá-los para os classificar em monitores, instrutores ou personal training. A formação visa testar os que trabalham nos ginásios e avaliar o nível de conhecimento para melhorarem a qualidade no trabalho”, destacou. 

Juka Fernandes assegurou que a direcção provincial da Juventude e Desportos e a Associação dos Desportos Individuais local vão efectuar visitas de inspecção nos ginásios nos próximos dias para verificar os que possuem formação.

“Os que não possuem formação vão ser convidados a abandonar a actividade para evitar consequências negativas aos praticantes. Se persistirem, vão ser penalizados pelas autoridades judiciais”, prometeu.