Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube campeo nacional

22 de Julho, 2019

Interclube festejou ontem a conquista do terceiro ttulo da histria

Fotografia: M.MACHANGONGO | Edies Novembro

Trinta anos depois, o Interclube conquistou ontem, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva, a 41ª edição do campeonato nacional sénior masculino de andebol ao derrotar no jogo da final o 1º de Agosto por 21-20. A equipa da Polícia Nacional destronou o arqui-rival e levou o terceiro troféu da sua história à galeria do Rocha Pinto.
A partida começou equilibrada com um pendor positivo dos militares. Os polícias corrigiram o posicionamento táctico e impuseram estabilidade. As duas equipas foram para o intervalo  com uma igualdade no placard de 10 golos.
No reatamento, os militares fugiram no resultado, fruto dos erros cometidos pelos pupilos de José Pereira \"kidó\". O timoneiro dos polícias recorreu a vários descontos de tempo para corrigir as falhas dos atletas. A estratégia surtiu efeito. Os polícias passaram a defender melhor e obrigaram os militares a cometer sucessivos erros.
A partida registou uma paragem e respostas com \"ora marcas tu, ora marcou eu\". A ansiedade de ser campeão tomou conta dos polícias que praticavam jogadas bem finalizadas e equilibraram tacticamente a partida. O controlo emocional foi accionado e tudo voltou à estrada.
No final, o Interclube venceu a partida e conquistou o terceiro título do seu historial. O treinador da equipa, José Pereira \"Kidó\", felicitou os campeões pela conquista de mais um título três décadas depois.
\"Estamos muito felizes. Conseguimos conquistar o título nacional. Os meus jogadores estão de parabéns. Agora, vamos descansar. Os meus agradecimentos vão também para os amantes da modalidade que puxaram pela equipa\", disse.
Felipe Cruz, treinador dos militares, espelhou desconsolo. Diante das evidências, só lhe restaram felicitar os adversários.
\"Perdemos bem o jogo. Cometemos muitos erros e estivemos mal na partida. Só nos resta voltar a trabalhar. O Interclube esteve bem e os atletas são os justos vencedores\" , reconheceu.
O vice-presidente do Interclube, Miguel António Camulogi, na qualidade de presidente de direcção interino, realçou que \"o segredo da conquista esteve no trabalho árduo da equipa\". Garantiu que a sua direcção vai continuar apoiar o andebol.
A nota positiva da partida da final foi a enchente constatada no pavilhão principal da Cidadela Desportiva.

FEMININO
1º de Agosto reconquista título

A equipa sénior feminina de andebol do 1º de Agosto reconquistou, ontem, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva, o título de campeão nacional, após a vitória sobre o Petro de Luanda por 20-13, no jogo da final.
A equipa de Morten Souback começou a mandar na partida muito cedo e chegou ao Intervalo com uma vantagem de cinco golos: 11-6.
No reatamento, as comandadas de Vivaldo Eduardo entraram com a disposição de anular os pontos fortes das adversárias, mas encontraram um grupo de militares motivadas e embaladas para a reconquista do campeonato nacional.
As petrolíferas sem uma equipa com jogadoras experientes só podem queixar-se de si mesmas. Foram muito perdulárias no ataque à baliza das militares. Na situação inversa, as meninas de Morten Suback tiraram proveito com ataques avassaladores e colocaram-nas em sentido.
Vivaldo Eduardo tudo fez para contrariar o favoritismo das militares, quando faltavam seis minutos para o final da partida. Os adeptos afecto à equipa do eixo-viário começaram a abandonar o recinto quando o placard registava 20-12 favoráveis às campeãs nacionais. O resultado espelha a superioridade das militares.