Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube briga pela manuteno da liderana

04 de Janeiro, 2020

Fotografia: Dr

Com 11 pontos na tabela classificativa, a formação do Grupo Desportivo Interclube recebe hoje, sábado, no Pavilhão 28 de Fevereiro, a partir das 18h00, a similar do Atlético Petróleos de Luanda, partida que centraliza as atenções da sétima e última jornada da primeira volta da fase regular da 42ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, a pensar na manutenção do primeiro lugar da prova.

A equipa adstrita a Polícia Nacional, que tem mais um jogo em relação ao Atlético Petróleos de Luanda, que a par do 1º de Agosto, ainda não perdeu qualquer desafio na presente época do “Nacional”, vai procurar esta noite infringir o primeiro desaire a formação do Eixo-viário.

Depois de ter perdido com o Clube Central das Forças Armadas Angolanas (1º de Agosto), por 93-110, na ronda número três, o Interclube está quase que obrigado a vencer o seu opositor de mais logo, sob pena de começar a ficar arredado dos lugares cimeiros da 42ª edição do Campeonato Nacional da “bola ao cesto”.

Raul Duarte, técnico angolano ao serviço do Grupo Desportivo Interclube, vai seguramente montar uma estratégia para suplantar os actuais campeões nacionais, que estão fortemente engajados na revalidação do ceptro nacional.

Egídio Ventura e Gerson Domingos vão assumir o jogo ofensivo da equipa do Interclube, que tenciona fazer uma gracinha na presente época desportiva.

Os polícias vão, seguramente, aproveitar o factor casa, para surpreenderem os comandados do técnico camaronês Lazare Adingono.

Raul Duarte apesar de reconhecer a qualidade do plantel do Atlético Petróleos de Luanda, não esconde o desejo vencer esta noite o seu adversário, que ocupa o terceiro lugar da prova, com dez pontos, a mesma pontuação do arqui-rival, 1º de Agosto, que está em segundo lugar.  

Paulo Márcio Barros, Reggie Moore e Rogério Ngombo devem completar o cinco inicial da turma da Polícia.

Por seu lado, os petrolíferos da capital que estão altamente motivados, dado o ciclo de triunfos neste arranque de época, vão com a missão de bater os polícias, em pleno Pavilhão 28 de Fevereiro, recinto que deve conhecer esta noite mais uma enchente.

Já com o plantel fechado, Lazare Adingono vai aproveitar as próximas partidas do \"Nacional\" para dotar a equipa de maior rodagem competitiva, visando o compromisso internacional que se avizinha, nomeadamente a BAL.

Uma eventual vitória da equipa do Eixo-viário esta noite, poderá elevar os índices motivacionais do grupo, antes do clássico dos clássicos previsto para o dia 08 do mês em curso, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.

Carlos Morais, Olímpico Cipriano, Gerson Gonçalves “Lukeny”, Childe Dundão, Benvindo Quimbamba, Hermenegildo M’bunga, Leonel Paulo entre outros, serão as unidades que Lazare Adingono vai utilizar para suplantar o Interclube no seu próprio recinto.

O equilíbrio poderá prevalecer em algumas etapas do jogo, dada a qualidade dos dois plantéis.

A entrada da sétima e última jornada da primeira volta da fase regular da 42ª edição do Campeonato Nacional, a classificação está assim ordenada: 1º Interclube, com 11 pontos, 2º 1º de Agosto, 10, 3º Atlético Petróleos de Luanda, 10, 4º Marinha de Guerra, 09, 5º Lusíada, 08, 6º Futebol Clube Vila Clotilde, 07, 7º Atlético Sport Aviação (ASA), 07, 8º Clube Desportiva Formação Kwanza, 06.