Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube e 1º de Agosto jogam final

Francisco Carvalho - 17 de Julho, 2016

Fotografia: Kindala Manuel

 As emoções pela conquista do troféu fervilham no seio das colectividades.

A jogar em casa, a equipa da Polícia Nacional vai "reclamar" a conquista da primeira vitória para assegurar a caminhada para o resgate do troféu perdido em 2014. Sedenta de devolver a alegria a Alves Simões e aos "polícias", Apolinário Paquete preparou um grupo coeso e com alto índice de eficiência nos lançamentos. A equipa já absorveu o "ADN" de Apolinário e está mais veloz no contra-ataque.

Para contrapor a defesa militar, Apolinário Paquete ensaiou vários sistemas tácticos que vai desdobrar sempre que a resistência se fizer sentir. O lançamento exterior também fez parte do plano de preparação. Um dupla de atletas polícias ensaiaram os três pontos para opuser a defesa militar.

Do outro lado da quadra estão as campeãs nacionais. Motivada pela direcção de Carlos Hendrick, o 1º de Agosto disputa os play offs com objectivo de revalidar o troféu. A equipa técnica preparou o grupo para "arrumar" as polícias nos três primeiros jogos.

É com sentimento de campeãs que as militares entram hoje na quadra do pavilhão 28 de Fevereiro. A velocidade e força vão dominar os três primeiros quartos. Dotada de mais pujança, o 1º de Agosto preparou os antídotos para contrapor os ataques da equipa da Polícia Nacional. Voltar a erguer o troféu no terceiro jogo é o objectivo principal.

No currículo da equipa militar constam 15 conquistas nacionais, contra cinco das polícias. Hoje, começa a peleja para mais um troféu. Quem levará?