Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Interclube privilegia disciplinas tcnicas

Gaudncio Hamelay-Lubango - 04 de Maio, 2019

A equipa ainda no implementou o salto em altura

Fotografia: Edies Novembro

As disciplinas técnicas, lançamento de dardo, de disco, de peso e corridas com barreiras centralizam o processo de formação de atletas do Interclube de Angola, no núcleo da província do Namibe. O projecto de massificação está implementado \"há um bom tempo\" e visa a descoberta de talentos para o atletismo a partir das escolas públicas e privadas , bem como dos bairros periurbanos da cidade de Moçâmedes.
Actualmente, estão inseridos no clube mais de 25 atletas, em ambos os sexos, nos escalões de juvenis, juniores e seniores com idades entre os 12 e os 22 anos. Alguns são campeões nacionais, títulos obtidos recentemente nos campeonatos de corta-mato decorrido no Lubango, segundo o coordenador técnico, Jorge Bráz.
\"Temos um trabalho árduo com as escolas. Os atletas são seleccionados por professores de educação física e levados ao nosso projecto\", esclareceu.
Jorge Bráz assegurou que os frutos do trabalho em desenvolvimento vão ser exibidos nos campeonatos nacionais de pista nas categorias de juvenis e de juniores a decorrer na cidade de Lubango entre os dias nove e 12 do corrente.
\"Vão observar os talentos em formação no nosso clube no Namibe. Todos os agentes do atletismo vão ter a oportunidade de constatar a performance (sobre a barreira) que os atletas aprendem para as disciplinas técnicas\", assegurou Jorge Bráz.
O especialista assegurou que o núcleo do Interclube de Angola no Namibe  trabalha \"todas as especialidades do atletismo, mormente, concursos e corridas\". A equipa ainda não implementou o salto em altura, corrida de obstáculo e triplo salto. Há disponibilidade de material desportivo para se levar avante a prática dessas especialidades.
\"Estamos a usar o material completo há dois meses. Temos barreiras e colchões para salto em altura\", disse.
Assegurou que o atletismo no Namíbe “goza de saúde” e é praticado pelo 1º de Agosto, Atlético do Namíbe, Sporting Clube de Moçâmedes, Independente Sport do Tômbwa e o núcleo do Interclube de Angola. O número de crianças inseridas nas escolas de formação supera o registo de anos anteriores. O Estádio Joaquim Morais tem sido um palco pequeno para albergar a demanda de perizes \"ávidos para treinar\".