Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Irms Kiala de volta alta competio

Silva Cacuti - 22 de Outubro, 2013

As duas irms (Marcelina esquerda e Luisa participaram da consagrao das petrolferas na Taa dos Clubes Campees Africanos que decorreu na cidade de Marrakesh

Fotografia: Jornal dos Desportos

As manas Marcelina e Luísa Kiala, cujas ausências ficaram marcadas na disputa do último Campeonato Nacional Sénior Feminino de Andebol, podem estar de volta à competição interna com a disputa da final da Taça de Angola, agendadas para a próxima sexta-feira, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva.

Marcelina e Luísa Kiala ajudaram a equipa petrolífera a sagrar-se Campeã Africana de clubes, quando defrontaram o 1º de Agosto, em Marrakesh, Marrocos, e integraram o grupo sob batuta de Vivaldo Eduardo na projecção da final da Taça. Embora tenha um plantel homogéneo, o Petro de Luanda ressentiu-se da ausência das manas, tanto que acabou por perder o título nacional para as rivais do 1º de Agosto.

Segundo apuramos, além do trio Kiala, já que Natália Bernardo, a outra Kiala, nunca parou de trabalhar, o treinador tem ainda disponível Bombo Calandula e Delfina Mungongo, que estiveram ao serviço do Progresso do Sambizanga, na última Taça dos Clubes Campeões.No departamento médico está Isabel Fernandes a contas com uma antiga lesão, pode pois falhar o embate da final da Taça de Angola.

A equipa do Petro de Luanda projecta a realização de um jogo particular, antes da final da Taça, e o adversário ainda está por definir. A formação do Progresso do Sambizanga pode ser a eleita. Nas hostes militares, a questão do provável regresso de Azenaide Carlos domina as expectativas. A jogadora, recupera-se depois de uma operação cirúrgica aos ligamentos do ombro esquerdo, esteve pronta a regressar à equipa, aquando da disputa da Taça dos Clubes Campeões.

O Petro de Luanda é o actual detentor do título da Taça de Angola. Na classe masculina, a final da Taça de Angola disputa-se igualmente na sexta-feira, entre as equipas do 1º de Agosto e do Interclube. Os polícias são os detentores do título. Lembrar que em caso de vitória, as equipas do 1º de Agosto fazem a dobradinha, já que ambas são campeãs nacionais.

ESCOLA DE FORMAÇÃO NA HUILA
Sporting Flor do Amanhã forma atletas


O Sporting Clube do Lubango (SCL) implementa um projecto de massificação na modalidade de andebol dirigido a 70 petizes com idades compreendidas entre os seis aos 19 anos nos escalões de iniciados, juvenis e juniores na classe feminina. O projecto “Sporting Flor do Amanhã” iniciou em Março do corrente ano e visa dar maior rigorosidade, incentivo, credibilidade e qualidade ao andebol na província.

O treinador de andebol na agremiação leonina do Lubango, Idelfonso Chiviti, disse ontem, ao Jornal dos Desportos, tratar-se de um projecto elaborado para a massificação, numa primeira fase, apenas para o sector feminino. A grande adesão do público feminino constatada durante as inscrições influenciou na decisão. “O projecto Sporting Flor do Amanhã é destinado à classe feminina, porque tivemos uma grande adesão de adolescentes. Os pais consentiram as filhas a praticar a modalidade e os rapazes, o futebol”, explicou.

Idelfonso Chiviti acrescentou ser um projecto sequencial, onde a direcção traçou como meta obtensão de resultados até em 2016. As 70 crianças e adolescentes do sexo feminino integradas no programa de massificação garantem a sustentação do andebol na equipa.

 “O Sporting Flor do Amanhã foi concebido por três anos e muita gente há-de aderir. Estamos a contar com o maior número de praticantes nos próximos anos”, prognosticou.Fruto do apoio dos pais e da direcção, Idelfonso Chiviti assegurou que o programa de massificação apresenta resultados positivos após sete meses de implementação.A aposta na classe masculina só vai ser possível após o apuramento dos resultados do projecto no final da primeira fase, segundo Idelfonso Chiviti.

O dinamizador da prática de andebol no Sporting Clube do Lubango afirmou que há material mínimo para trabalhar com as crianças, apesar de a qualidade não ser a que se perspectivou para se obter os resultados positivos.

Os pavilhões da Universidade Mandume Ya Ndemufayo e Instituto Superior de Ciências de Educação do Lubango (ISCED) são os locais que acolhem a formação das crianças, enquanto se aguarda pela conclusão das obras de reabilitação do pavilhão do clube.

O Sporting do Lubango é detentor do título de campeão provincial há dois anos nos escalões de juvenis e de juniores. Na presente época desportiva, procura defender o título de campeão provincial na classe feminina.
       Gaudêncio Hamelay - no Lubango