Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ivan Santos faz balano positivo da competio

02 de Setembro, 2014

Acrescentou que a Associao vai organizar o grande prmio de motocross, antes do final do ano e desenvolver e reactivar o karting.

Fotografia: Arimatia Baptista

O presidente da Associação Provincial dos Desportos Motorizados da Huíla, Ivan Santos admitiu que a organização dos “200 Km da Huíla” em automobilismo, edição de 2014, esteve impecável o que facilitou que não houvesse nenhum incidente nem acidente. “Agradeço à minha equipa de trabalho e às Forças da Ordem Pública por tudo que fizeram ao longo do circuito para garantirem a segurança.

Nós não somos os juízes certos para nos classificar. Mas se tivéssemos que dar uma nota, tinha de ser muito alta e sempre pela positiva”, manifestou.
O responsável afirmou que para este ano a Associação havia traçado alguns objectivos que foram alcançados, já que organizou uma prova com poucos incidentes, mas sem gravidades, assim como subiu o grau de segurança. “Por isso, o balanço que faço desta edição é muito positivo”, destacou.

Ivan Santos esclareceu que durante os “200 Km da Huíla”, a organização registou uma queda aparatosa de uma mota que não resultou em nenhum ferimento grave ao piloto e três despistes de automóveis sem danos graves para os seus intervenientes. “Vamos tirar alguns dias para efectuarmos o balanço definitivo do que foram os “200 Km da Huíla” em automobilismo.

A posterior vamos erguer a cabeça e arrancarmos novamente com aquilo que tínhamos idealizado até ao final do ano em termos de actividades”, prometeu. Acrescentou que a Associação vai organizar o grande prémio de motocross, antes do final do ano e desenvolver e reactivar o karting.
GH

PILOTO DE BENGUELA
“CowBoy” vence
nas motos EV600

O piloto Dimas Mateus “CowBoy” do Team Sérgio Santos de Benguela, ao somar 50 pontos ao cabo das duas mangas, fixado em 1:12.029, foi o grande vencedor da prova de motos de EV600, pontuável para o Campeonato Angolano de Velocidades, edição 2014. O piloto das terras de Ombaka comandou a prova do princípio ao fim e fez vibrar os inúmeros espectadores amantes dos desportos motorizados que se deslocaram domingo ao circuito citadino de Nossa Senhora do Monte para assistir ao vivo as três competições.

Na segunda posição quedou-se Victor Barros, do Team Cuanza Sul, ao perfazer 36 pontos em duas mangas em 1:14.082, seguido por Dinho Máquina do Team Huambo Cidade Vida, com 33 pontos cronometrados em 1:14.278. O despique foi a tónica dominante entre Victor e Dinho na luta para o segundo posto.

Marco Fonseca da equipa Marginal de Luanda contentou-se com o quarto lugar ao somar 29 pontos, fixados em 1:16.986. Na prova da classe do AGP600 cc, proeza coube a Pedro Pina do Team Pina, com 38 pontos feitos em 1:20.225, secundado por Carlos Cruz da equipa Socorridas Racing Team, com 35 pontos fixados em 1:16.887. A terceira posição, recaiu para Erikson de Carvalho, do Team Armando Racing, ao estabelecer os 31 pontos em 1:19.500.

Já na prova das motorizadas DT, o triunfo sorriu para Bruno Fançony, ao completar as nove voltas em 16:35.750.  Nos lugares seguintes veio Armando Aníbal e Gerson Machado, com o tempo de 16:35.779 e 16:40.473, respectivamente.
GH

HUÍLA
Governo homenageia
piloto Jorge “Gasosa”

O governo provincial da Huíla e a comunidade em geral homenagearam domingo o piloto Jorge Manuel Gouveia de Sousa “Gasosa”, antigo praticante do desporto motorizado, com a viatura nº 55, falecido o ano passado, pelos feitos e contributo no desenvolvimento do desporto e em particular o motorizado.

A homenagem teve como ponto fundamental a atribuição do seu nome a uma das curvas (Curva Gasosa) do circuito citadino de Nª Srª do Monte, localizada na estátua da liberdade logo à entrada do Complexo Turístico e Desportivo de Nossa Senhora do Monte. Estiveram presente à cerimónia de homenagem, os governadores províncias da Huíla, João Marcelino Tyipingue, do Namibe, Rui Falcão, o presidente da Federação Angolana do Desporto Motorizado, Director da Juventude e Desportos da Huíla, Joaquim Tyova, filhos, esposa, antigos companheiros e outras entidades ligadas ao desporto na província.

O governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipingue reconheceu os feitos protagonizados pelo malogrado Gasosa. “Estamos aqui para homenagear o nosso grande amigo que muito tinha ainda para dar”.Mas infelizmente acabou por falecer muito cedo e já não podemos contar com ele em provas de automobilismo”, reconheceu.

Fiório de Sousa, o filho, considerou ser uma homenagem muito grande que o deixou sem palavras. Por isso, agradeceu o apoio, carinho prestado pelo governo da Huíla, pela  população e pela  Associação provincial da modalidade. Disse ser uma homenagem que fica para sempre gravada na sua memória para relembrar o seu pai em qualquer prova que participar.
GH