Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jair Transport domina GP Muteka

Gaudncio Hamelay - Lubango - 10 de Fevereiro, 2020

Ciclistas benguelenses ganham competncia desportiva na Huila

Fotografia: Joo Gomes

Com 2h32min02s, José Panzo venceu sábado último, na cidade de Lubango, província da Huíla, a prova de 100 quilómetros da primeira edição do Grande Prémio Muteka em ciclismo de estrada. O atleta da categoria Elite foi secundado por Lizandro Deinil e Carlos Simões, ambos com o tempo de vencedor. Com a presença dos três pilotos no pódio, o Jair Transport Lda de Benguela conquistou a competição.
Em juniores, Herlânder António levou a Jair Transport Lda de Benguela ao lugar mais alto do pódio. Vaniny Manita, arrebatou o troféu da categoria Master e deixou rejubilado a União de Ciclistas de Lubango. Na classe de cadetes, a Jair Transport Lda de Benguela dominou a prova de 50 quilómetros por intermédio de Jacinto Maria.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, José Panzo assegurou que a distância percorrida  (100 km) serviu para "descontrair", porquanto o treino feito no dia anterior entre a ponte de Cutembo até Lubango, numa distância de 180 quilómetros, havia servido de "boa preparação" neste início da época desportiva.
As elevações e as descidas no percurso Lubango-Chibia e vice-versa foram "bastantes difíceis" e serviram de indicadores para as próximas competições. O objectivo da presente época é competir nas provas internacionais, segundo José Panzo.
"Para a Jair Transport Lda, todas as provas nacionais servem de preparação para as competições internacionais. Em Março, temos o Tour de Egipto; em Junho, o Tour do Congo Democrático e, em Novembro, o Tour de Burkina-faso", revelou.
Vaniny Manita, da União de Ciclista do Lubango, disse que as subidas e as descidas "complicaram muito o desempenho", nos momentos em que se aproximava do pelotão da frente. O ciclista huilano destacou a revitalização ao ciclismo local com a realização da prova.
"A Huila carece de competições regulares e esperamos que o ciclismo não morra. Apelamos que haja mais iniciativas do género para a manutenção de provas", disse.
Participaram da prova 30 ciclistas nas categorias de elite, juniores, masteres e cadetes em representação das equipas Jair Transport Lda, Hotel Luso de Benguela e a União de ciclistas do Lubango.

Parceria
Huíla e Benguela potencializam região Sul


 A divisão regional da prática desportiva em Angola ganha corpo também no ciclismo, depois da  ginástica e do andebol. As províncias da Huíla e de Benguela propõem-se em fortalecer a promoção e o desenvolvimento dos "pedais" na região Sul do país. A realização de intercâmbios entre as duas províncias vai proporcionar às equipas locais performances competitivas elevadas.
Em declaração ao Jornal dos Desportos, o secretário-geral da Associação Provincial de Ciclismo de Benguela, Olegário Correia, assegurou que "a parceria vai notabilizar o ciclismo huilano" para que "juntos enfrentem as equipas de Luanda".
"O nosso objectivo é colaborar com a Huíla na promoção de competições nesta região. As equipas de Benguela participaram da primeira edição do GP Muteka em retribuição da presença dos ciclistas huilanos na prova de Cubal, disputado há dias", esclareceu.
Olegário Correia assegurou que o ciclismo huilano está "no bom caminho". Durante a competição, acompanhou "duas promessas locais" que voltaram a fazer frente à equipa principal do Hotel Luso, a actual escola de ciclismo Alberto Pepino, depois de o terem feito no Cubal.
A parceria entre Benguela e Huila contempla a partir do dia 22 do corrente a disputa do Torneio EKA Soba Catumbela, em homenagem ao ícone do ciclismo angolano Alberto Pepino pelo contributo dado ao desporto. A prova conta com 15 etapas disputados em finais de semanas alternados e termina em Outubro do corrente ano. A competição vai ter um intervalo em Maio para a disputa da prova inserida nas celebrações da ascensão da cidade de Lubango e em Junho para a disputa dos campeonatos nacionais.
Feliz pela realização do evento, o vice-presidente da Associação Provincial de Ciclismo da Huíla, Nelson Silva, disse que "os ciclistas locais tiveram o privilégio de correr com os atletas profissionais de uma das melhores equipas de Angola, a Jair Transport Lda de Benguela". Por esse facto, "os nossos atletas da União de Ciclistas de Lubango ganharam a rodagem competitiva almejada que podem reflectir-se nos pódios das próximas provas".