Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jair Transportes dominaram contra-relógio

Jo?o Francisco - 26 de Maio, 2017

José Panzo que no final da época passada trocou as cores do Santos Futebol Clube de Luanda pela Jair Transportes de Benguela foi o mais rápido

Fotografia: Domingos Cadencia | edições novembro

A entrada da última competição do provincial de ciclismo de Benguela, já é conhecida a classificação dos campeões individuais e por equipas de velocidades, atribuídos aos vencedores dos respectivos contra-relógios, nomeadamente, o ciclista José Panzo e a sua equipa Jair Transportes.

José Panzo, que no final da época passada trocou as cores do Santos Futebol Clube de Luanda pela Jair Transportes de Benguela, foi o mais rápido no contra-relógio individual  da categoria de Elites(seniores) de 20,800 km com o tempo de 00:26:44, destronando o seu colega de equipa, Igor Silva ( 00:26:57) e Lucas Camilo( 00:27:54), que completou o pódio apenas com ciclistas da Jair Transportes.

Na perseguição colectiva de 41,600 km, a Jair transportes, que participou com três equipas (A, B e C), monopolizou completamente a prova, ocupando o pódio (1º.2º e 3ºs lugares) com 00:52:34,00:56:17 e 00:59:41, prospectivamente,   destronando do título a team do Hotel Luso que participou com duas equipas, ambas com o tempo de mais de 01 hora, seguidos dos misto de Benguela e o Misto de Masters ( veteranos), também com mais de 01 e minutos em relação aos primeiros classificados. 

Enquanto isso, o Campeonato Provincial de Ciclismo de Estrada Unificado de Benguela 2017, para apurar os melhores ciclistas da província ao Nacional, que foi interrompido no último fim de semana para a disputa de uma prova particular, reata neste fim de semana com a realização da prova em linha com cento e cinquenta quilómetros (150 km), em direçcão à Estrada Uchi (estrada em direcção ao Lubango) ou em direcção ao Dombe Grande (Benguela).

A prova em linha vai definir o Campeão Provincial de Estrada (Prova de fundo), título que está em posse do ex - campeão nacional Igor Silva (31 anos) com as cores da equipa Jair Transportes. Nas outras categorias sagrou-se também campeão de contra relógio, António Vidal da Jair Transportes em juniores (00:29:47), Luís Rocha (00: 30: 15) e Eugénio Pina (00:30:43), que completaram o pódio em juniores.

Na categoria dos Masters 30, Paulo Silva da Jair Transportes (00:29:03), chamou a si o título, seguido do individual, Telo Cardoso (00:30:08) e Bruno Gomes do Hotel Luso (00:31:09). O campeão dos Master 40 foi José o individual José Borges (00:32:35), enquanto que Artur Areias, outro individual (00:39:44), ergueu o troféu sozinho.

Nos escalões de formação (Cadetes e Juniores), Luís Carapinha (00:32:21), Herlander António (00:32:55), ambos da Jair Transportes foram mais rápidos que Brandon Furtado (00:33;40) do Hotel Luso. Já em Juvenis, Eric Pinheiro (00:31:14) do Hotel Luso venceu o respectivo escalão, seguido de Jair Carapinha Júnior, com o mesmo tempo( 00:33:14), ambos da Jair Transportes  e Cristian da Silva ( a 04 minutos dos vencedores).

COMPETIÇÃO
Barra do Dande recebe
contra-relógio individual


O Campeonato Provincial de Estrada de Luanda arranca amanhã, a partir das 9 horas, no desvio da Barra do Dande, com a disputa da etapa de contra-relógio individual de 20 quilómetros. A prova  do calendário desportivo de 2017 da Associação Provincial de Ciclismo de Luanda (APCIL) disputa-se por 74 ciclistas, nos escalões de juvenis, juniores, seniores em ambos os sexos.

Os 74 ciclistas farão um percurso de 20 quilómetros na primeira etapa e vão cortar a meta 20 quilómetros depois da Barra do Dande, e descobrir novos talentos na modalidade. A competição será disputada em individual e contará com a participação de todos os clubes que evoluem em Luanda e arredores, de modo a incentivar a prática do ciclismo. O secretário geral da APCIL, José Guedes, garantiu que o campeonato vai ser disputado em três etapas, constituído pelo contra-relógio individual de 20 quilómetros, por equipas de 20 quilómetros e em linha de 180 quilómetros.

A corrida estará aberta aos não federados, mas deverão seguir as regras da modalidade. A Associação Provincial de Ciclismo de Luanda tem clubes filiados como o Misto de Luanda, Misto de Talatona, Santos Futebol Clube Angola, Escola Macovi, Centro de Ciclismo da Cidade de Kilamba, Rádio Vial, Equipa de Amadores de Cicloturistas (ACT), Gigate, Kambas do Pedal, Kambas da Bicicleta e Escolinha do Futuro.

O secretário geral da APCIL disse que a finalidade será de apurar os campeões das especialidades e também assegurar o passe de acesso da XVII edição do Campeonato Nacional de Ciclismo de Estrada Unificado de 2017, previsto para a segunda quinzena do próximo mês, na província do Bengo.

O Benfica de Luanda, baptizado em Misto de Luanda, campeã em título, é considerado o destaque da presente edição. A nova colectividade desportiva vai contar com a oposição do Misto de Luanda, Santos FC e Rádio Vial.
Álvaro Alexandre