Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jamaica quer colaborar com agência antidopagem

16 de Novembro, 2013

A responsável governamental do desporto jamaicano, Natalie Neita Headley mostrou-se disponível para colaborar com a Agência Mundial Antidopagem

Fotografia: AFP

A AMA abriu uma investigação e enviou uma delegação à Jamaica em Outubro, no fim da qual elaborou um relatório com propostas de acção na luta contra o doping.

Neita Headley fez hoje uma intervenção perante a Conferência Mundial Antidopagem em Joanesburgo, em que  se  comprometeu  perante o diretor-geral da AMA, David Howman, que vai aumentar o orçamento anual da agência jamaicana antidopagem em oito milhões de dólares jamaicanos (56.500 euros).

De acordo com um comunicado da AMA, a responsável governamental também aceitou que uma agência nacional antidopagem de outro país ajude a sua homóloga jamaicana na revisão das suas práticas e da estrutura, bem como uma reformulação da legislação sobre esta matéria.

Neita Headley afirmou perante a assistência da Conferência Mundial, que a «Jamaica está desejosa de colaborar com a AMA». Os velocistas Asafa Powell e Sherone Simpson figuram entre os atletas jamaicanos que acusaram positivo este ano para doping. Recentemente o médico jamaicano Paul Wright disse que o cenário do desporto no país é preocupante.