Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Japoneses apoiam candidatura

06 de Março, 2013

Delegação do COI visita o Japão para avaliar a candidatura estando prevista depois a viagem a Madrid e a Istambul

Fotografia: AFP


Uma delegação do Comité Olímpico Internacional (COI), que visita o Japão para avaliar a candidatura aos Jogos Olímpicos de 2020, afirmou ontem que um estudo realizado pelo organismo concluiu que 67 por cento dos japoneses apoia o projecto.

O presidente do comité olímpico local, Tsunekazu Takeda, anunciou que o apoio na região de Tóquio ronda os 70 por cento, e que o crescente apoio da população japonesa à candidatura se deve ao desempenho da nação nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, onde o Japão atingiu o recorde de medalhas conquistadas (38).

A comissão de avaliação do COI, liderada pelo vice-presidente Craig Reedie, visitou as instalações que albergaram os Jogos de 1964 e que vão ser renovadas caso a delegação de Tóquio seja a escolhida.

Depois da visita a Tóquio, a comissão do COI desloca-se a Madrid e a Istambul, os outros dois candidatos.
O COI vai anunciar a 7 de Setembro, em Buenos Aires, a sede dos Jogos Olímpicos de 2020.

O processo de eleição da cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2020 está marcado para o dia 7 de Setembro na cidade argentina de Buenos Aires.
O anúncio da cidade vencedora deverá ser feito pelo presidente do Comité Olímpico Internacional, Jacques Rogge. Roma retirou-se em Fevereiro de 2012 do processo de candidatura por falta de apoio governamental. As cidades concorrentes estão localizadas em dois  continentes, Europa e Ásia.

Em 2020 faz doze anos desde que os Jogos Olímpicos de Verão foram realizados numa cidade asiática (Pequim 2008) e oito anos desde que foram organizados por uma cidade europeia (Londres 2012).

Uma das cidades concorrentes, Tóquio, já albergou os Jogos Olímpicos de Verão em 1964. É a primeira vez, em vinte anos, que nenhuma cidade da América entra na disputa para realizar os Jogos. Baku, Doha, Madrid e Tóquio candidataram-se para a edição de 2016, vencida pela cidade do Rio de Janeiro.