Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jim Furyk faz história em Chicago

15 de Setembro, 2013

Antigo futebolista conseguiu uma estreia

Fotografia: AFP

Furik, de 43 anos, apresentou-se de forma imaculada durante a segunda ronda dos BMW Championships, alinhando 11 birdies, um eagle e um bogey e acabou o dia com 12 pancadas abaixo do par 71 do Conway Farms Golf Club.

“A certa altura perguntei-me quantas vezes mais na minha vida tenho a oportunidade de fazer algo como isto. É um número mágico”, confessou Furyk, que divide a liderança à entrada para as duas rondas finais com o seu compatriota Brandt Snedeker. É apenas a segunda vez que um jogador faz “o número mágico” e não termina a jornada na liderança isolada da respectiva prova.

ESTREIA DE
SHEVCHENKO

Antes de Furyk, só cinco golfistas tinham feito um 59 no PGA Tour: Al Geiberger (1977), Chip Beck (1991), David Duval (1999), Paul Goydos (2010) e Stuart Appleby (2010).

Andriy Shevchenko não vai esquecer tão cedo a sua estreia no Challenge Tour, a 2.ª divisão europeia. O antigo avançado do AC Milan e do Chelsea não conseguiu melhor do que 84 pancadas, 12 acima do Par e figurou no 118.º lugar da Kharkov Superior Cup, na Ucrânia. Em contrapartida, viu o seu parceiro de jogo, Victor Riu, bater o recorde do campo e passar para a frente com 64 (-8).

“Não sabia muito sobre o Andriy, mas foi óptimo jogar com ele, porque havia muita gente a ver”, disse. O antigo Bola de Ouro andou a bater high fives de cada vez que Riu fazia um birdie: “Ver o Victor bater o recorde do campo e jogar fantasticamente ensinou-me hoje. É um jogo completamente diferente, quando se está sob pressão”, disse Andriy Shevchenko.

O ex-n.º1 mundial do ténis, Yevgeny Kafelnikov, esteve melhor, com 80 (+8), mas, mesmo assim, está fora do cut provisório, no 111.º lugar.