Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jiu-jitsu-Comisso fortalece unio de dois estilos

Rosa Napole?o - 27 de Junho, 2017

Minjud Na lista dos clubes com direito a voto, alinham Luanda com 13, Cabinda 4, Zaire 7, Cunene 3, Cuanza Norte 3 e Namibe com (4) clubes.

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

A direcção da Associação de Jiu-jitsu Brasileiro, coordenado por Jildson Simões, formulou um acordo de integração com a Federação Angolana de Jiu-jitsu tradicional, afim de trabalharem de mãos dadas. A informação foi avançada pelo secretário-geral, Pedro Emous, que integra igualmente a comissão de gestão.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, Pedro Emous referiu que apesar dos muitos contratempos,  o trabalho da comissão de gestão que trabalha para a constituição de novas eleições, está quase terminada, resta apenas os últimos acertos.  \"As coisas estão a correr bem.

O problema das relações entre os dois estilos da modalidade (Jiu-jitsu brasileiro e o tradicional) já estão ultrapassados, porque apesar do estilo brasileiro se ter juntado a nós, com uma vice-presidência, tinha ainda muitas restrições. Agora, pensamos melhorar a comunicação\".

A definição do novo modelo de competições que vai vigorar, nos próximos tempos, foi também destacado pelo secretário. \"Estamos a preparar uma reunião de concertação,  para o final desta semana, vamos estudar o novo modelo para a modalidade. Este modelo passa pela realização de provas, todos os finais de cada semana, com os clubes de Luanda, com objectivos de activar os atletas e mantê-los em bom nível\".

A falta de meios financeiros para tornar possível a concretização do novo modelo de competições semanais, preocupa Pedro Emous, uma vez que os cofres da Federação andam praticamente vazios. \"Vamos criar mecanismos, arranjar parceiros, patrocinadores para nos apoiar  nestas provas, porque de contrário, teremos muitas dificuldades. Neste encontro que programamos, vamos também falar acerta disso\". A data das eleições vai ser encontrada, depois da conclusão das resoluções, e  da entrega do relatório ao Minjud Na lista dos clubes com direito a voto, alinham Luanda com 13, Cabinda 4, Zaire 7, Cunene 3, Cuanza Norte 3  e Namibe  com (4) clubes.        
RN