Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jo-Wilfred Tsonga ausente do Masters de Cincinnati

12 de Agosto, 2013

Os Masters de Montreal e Cincinnati são os dois principais torneios em piso sintético de preparação para o slam norte-americano.

Fotografia: AFP

O tenista Jo-Wilfred Tsonga anunciou a ausência em mais um torneio depois de ficar fora do Masters 1.000 de Montreal, no Canadá. O francês está com um problema no joelho, lesão que o fez desistir de Wimbledon, e também não vai jogar o Masters 1.000 de Cincinnati, nos Estados Unidos. Com o anúncio, Tsonga tornou-se a primeira baixa oficial do torneio. Com isso, o brasileiro Thomaz Bellucci aguarda mais uma desistência para conseguir entrar em mais um Masters 1.000, depois de ser eliminado na estreia em Montreal.

Bellucci tem grandes possibilidades de ingressar na competição, já que Viktor Troicki, tenista sérvio apanhado no doping, e Marin Cilic, croata que vive um problema semelhante, devem abandonar o torneio em breve. Roger Federer, que foi campeão em Cincinnati no ano passado, confirmou a sua presença no torneio e vai lutar pelo segundo título em 2013. Com mais uma desistência, Jo-Wilfred Tsonga está em busca da recuperação para o último Grand Slam do ano, o Open dos Estados Unidos, em Nova Iorque, que começa a 26 de Agosto. Os Masters de Montreal e Cincinnati são os dois principais torneios em piso sintético de preparação para o slam norte-americano.

Taça Davis
Roger Federer
desfalca Suíça


Roger Federer, actual quinto classificado no ranking mundial da ATP, vai desfalcar o confronto dos Play-offs, com o Equador. Severin Luthi, capitão da equipa suíça, divulgou a formação na sexta-feira. Detentor do 10º lugar na lista mundial, Stanislas Wawrinka tem a missão de liderar a equipa.
Marco Chiudinelli (167º), Henri Laaksonen (204º) e Michael Lammer (374º) completam o grupo. O confronto entre Suíça e Equador vai ser realizado de 13 a 15 de Setembro. Os europeus resolveram promover o confronto em quadra dura na localidade de Neuchatel. Até ao momento, a equipa sul-americana, capitaneada por Raul Viver, não divulgou sua constituição. Na última ronda da Taça Davis, a Suíça, na condição de mandante, perdeu com a República Checa por 3-2. Já o Equador, também a jogar em casa, caiu diante do Chile pelo mesmo resultado.