Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

João Gabriel exalta benguelenses

02 de Dezembro, 2014

Na ginástica artística Julmira Segundo da província da Huíla liderou o pódio com 8,2 pontos seguida de Cledinádia António

Fotografia: José Soares

Os ginastas de Benguela conquistaram a Taça de Angola, no último fim de semana, e coleccionaram o quinto título da presente época. A façanha do grupo mereceu elogios do presidente da Associação Provincial de Ginástica de Benguela, João Gabriel. Em declarações ao Jornal dos Desportos, via telefónica, Gabriel revelou que a equipa campeã já estava preparada para este feito, partindo do princípio as conquistas alcançadas ao longo da presente época desportiva.

“A nossa província esteve sempre como a principal favorita à revalidação da Taça de Angola. Apesar das dificuldades, conseguimos conservar a Taça conquistada no ano passado no Huambo. A prova do encerramento da época era a última competição que nos restava vencer, para nos tornarmos os melhores do país. Estamos todos de parabéns”, exaltou.

O presidente da Associação de Benguela reafirma com satisfação os feitos do Misto durante a presente época. “Atingimos um feito inédito na ginástica angolana. Pela primeira vez, conseguimos vencer todas as provas do calendário da época: o campeonato da zona centro-sul, nacional de juniores e de juvenis, o provincial de Benguela e a Taça de Angola”, disse.

Para João Gabriel “não foi fácil atingir este feito”. O Misto de Benguela somou 111 pontos na classificação geral. Horácio Pitagrós e Alice Nana Tomás deram à equipa uma medalha de ouro cada, que se juntaram a seis medalhas de prata e uma de bronze. Nas especialidade de ginástica rítmica individual, Alice Nana Tomás venceu com 35,5 pontos, seguido da sua colega Sofia Higino, com 33,3, e Mkumba Susana, do Petro de Luanda, no terceiro posto, com 33 pontos.

Na ginástica artística, Julmira Segundo, da província da Huíla, liderou o pódio com 8,2 pontos, seguida de Cledinádia António, da província de Benguela, com 8 pontos, e de Massoje Cahango, da província da Huíla, com 7,1 pontos. No salto de tumbling, Julmira Segundo, da Huíla, voltou a evidenciar-se e obteve 22 pontos. Cledinádia António, de Benguela, ocupou a segunda posição com 20,8 pontos e Blandina Rodrigues, da província do Bié, atingiu 19 pontos na terceira posição.

Horácio Pitagrós, de Benguela, venceu a prova na ginástica artística com 8,2 pontos, seguido de Muto Francisco, do Grupo Desportivo Grémio de Luanda, com 7,9, e de José Epalanca, de Benguela, com 7,8 pontos. No salto de tumbling, Gerson Eduardo, do Agefir de Luanda, subiu ao pódio mais alto com 23,7 pontos, deixou  o segundo lugar para Horácio Pitagrós, de Benguela, com 23,3 pontos. Horácio Domingos, do Agefir, com 23,1 pontos fechou o pódio.