Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jogos da SADC começam hoje

09 de Dezembro, 2016

As primeiras selecções a entrar em campo serão os combinados de Angola e África do Sul em futebol feminino

Fotografia: Kindala Manuel

As dez selecções que começam a disputar a partir de hoje até ao dia 19 do corrente mês, a VII edição do torneio da SADC, na capital do país, Luanda, participaram ontem na cerimónia habitual do içar de bandeiras, no Instituto de Superior de Ciências Policiais e Criminais, Osvaldo Serra Van-Dúnem, num acto que serviu de apresentação dos participantes. Na ocasião, o director do referido instituto, que também é a Vila dos Jogos, comissário Alberto Limão agradeceu a presença, deu as boas-vindas as delegações e desejou que os jogos sejam disputados num clima de união.

"Agradeço vossa presença e dou as boas-vindas neste instituto e que a vossa participação no torneio seja vivida num clima de união da juventude africana", disse o anfitrião do local onde estão hospedadas todas as delegações.

Fazem parte da competição as selecções de Angola, África do Sul, Botswana, Lesoto, Malawi, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Zâmbia e Zimbabwe.
Do vasto programa reservado para hoje no Estádio dos Coqueiros, com inicio às 15h30, destaca-se o desfile das nações participantes, o içar das bandeiras, o entoar dos hinos de Angola, União Africana e dos Jogos, os discursos de entidades convidadas bem como a entrada da tocha no estádio e o juramento dos atletas e juízes.

As primeiras selecções a entrar em campo serão os combinados de Angola e África do Sul, em futebol feminino, às 18h00, no mesmo local.

No dia seguinte começa a disputa das outras modalidades como o basquetebol masculino e feminino (Pavilhão da Cidadela), Atletismo (Estádio dos Coqueiros), Boxe (Pavilhão Anexo I à Cidadela), Futebol (Estádio dos Coqueiros e Estádio 11 de Novembro), Ginástica e Judo (Arena Kilamba), Netball (Pavilhão Anexo II à Cidadela), Natação (Piscina do Alvalade) e ténis (Clube de Ténis).

A maior delegação é a do Zimbabwe com 200 elementos entre atletas e dirigentes, enquanto que Angola não vai participar na modalidade de netball. O programa contempla algumas visitas a locais históricos e turísticos de Luanda, nos dias de folga da prova.

Ainda ontem realizou-se no Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais, Osvaldo Serra Van-Dúnem, a reunião do Conselho da Zona V, onde foi feito o balanço das actividades realizadas desde a última reunião realizada em Luanda, a preparação e realização destes jogos da SADC.


Reconhecimento
MJD destaca papel dos Jogos da Região 


O ministro da Juventude e Desportos, Albino da Conceição, destacou ontem, em Luanda, a importância e o papel dos Jogos da Região 5 na aproximação e relacionamento dos distintos países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Ao falar na abertura da reunião de ministros do sector da Zona, nas instalações do Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais “Osvaldo Serra Van-Dúnem”, o governante afirmou que os jogos por constituírem o maior evento da zona sul do continente têm uma grande importância no relacionamento e convivência salutar dos povos.

“Esta reunião tem a particularidade de anteceder os VII Jogos da Região 5, que é o maior evento da Zona e com propósito de dar continuidade ao processo do crescimento da SADC.  Por isso, os jogos caracterizam os países da nossa região e o seu desenvolvimento. Assim, queremos dar as boas vindas aos nossos visitantes e desejar que o nosso encontro seja positivo”, disse. Quanto a reunião, além do estado preparativo da competição, que se disputa de 9 a 19 deste mês, nas modalidades de basquetebol, atletismo, ténis, boxe, natação, ginástica, judo, netball e desporto adaptado, será ainda analisado o relatório anual da instituição da região.      
                
Os jogos da SADC contam congregar mais de dois mil participantes, entre treinadores e ministros da região.

Os jogos da zona 5 disputam-se entre atletas com idades não superiores a 20 anos. Realizam-se de forma rotativa pelos países, com periodicidade de dois anos. Moçambique acolheu a primeira edição no ano de 2004, seguindo-se a Namíbia em 2006 e dois anos depois foi a vez da África do Sul. Em 2010 os jogos foram disputados na Suazilândia, tendo a Zâmbia acolhido em 2012. A última edição foi disputada no Zimbabwe em 2014.

Nessa última edição, Angola subiu pela primeira vez ao pódio, obtendo o terceiro lugar da tabela classificativa geral.

Fazem parte da Zona 5, Angola, Botswana, Lesotho, Malawi, Moçambique, Namíbia, África do Sul, Suazilândia, Zâmbia e Zimbabwe.


Abertura
Bandeirasdos países
içadas na vila dos Jogos 


A cerimónia de recepção oficial das delegações participantes aos sétimos Jogos da Região 5 (SADC) da União Africana, que se disputam de 9 a 19 do corrente, em Luanda, foi marcada ontem com o içar das bandeiras destes países nas instalações do Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais Osvaldo Serra Van-dúnem.

Orientado pelo seu director, o comissário Alberto Limão, acompanhado do responsável do sector da cultura da capital do país, Manuel Sebastião, na presença das distintas caravanas estrangeiras, o primeiro símbolo nacional a ser hasteado no mastro do pátio principal da instituição académica foi a da República da Namíbia.     

Nas infra-estruturas, que serve de vila de alojamento das caravanas participantes ao evento desportivo, em que também albergou a reunião dos ministros do sector da SADC, além do içar das bandeiras e entoar dos hinos dos respectivos países foram também proferidas palavras de saudações e boas vindas aos visitantes por parte dos dois dirigentes angolanos.

Paralelamente, nos recintos desportivos existentes no local, observou-se a movimentação de alguns atletas integrantes das referidas delegações, que efectuavam pequenas sessões de treinamento, com realce as jogadoras da África do Sul e Zimbabwe.   
 
Quanto à prova, tem como cerimónia de arranquehoje, às 15h30, no Estádio dos Coqueiros, seguindo-se uma partida de futebol feminino, segundo o director Nacional dos Desportos, António Gomes, que garantiu o empenho da comissão organizadora, para o êxito do evento da região austral do continente no país.       
          
Além de Angola (anfitrião), participarão ainda a África do Sul, Moçambique, Botswana, Malawi, Zimbabwe, Lesotho, Namíbia, Zâmbia e Swazilândia, nas modalidades de futebol, basquetebol, boxe, atletismo, desporto adaptado, ténis, boxe, natação, ginástica, judo e netball.