Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Joo Gabriel aclama lees

Rosa Napeleo - 24 de Outubro, 2019

A equipa leonina ganhou tambm em conjunto jnior, tumbling iniciado, jnior e snior; artstica jnior e snior; aerbica jnior e snior.

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

Fizemos excelente trabalho com as conquistas de 30 medalhas\". As palavras são de João Gabriel, treinador do Sporting de Benguela, campeão da zona sul de ginástica. O treinador principal exaltou os atletas pelo domínio e pelas vitórias nas especialidade de rítmica, aeróbica, tumbling e artística.
Em conversa com Jornal dos Desportos, via telefónica, João Gabriel agradeceu o empenho dos ginastas leoninos pela manutenção do domínio ao longo dos dez anos.
\"O Sporting de Benguela sempre esteve no topo das classificações nos campeonatos da zona Sul. Conquistamos este troféu, de forma ininterrupta, há dez anos. A nossa província está a dar os passos significativos\", disse.
Para João Gabriel, o surgimento de mais três equipas, além do Sporting, justifica o domínio das equipas benguelenses e o crescimento dos níveis competitivos. Hoje, concorrem para o pódio também as equipas do Atlético da Zona A, Transcambanda e o Vafeso Sport Clube.
\"O nosso forte são as especialidades de rítmica e tumbling, mas estamos a trabalhar igualmente nas outras especialidades para que atinjam o mesmo ritmo\", justificou.
Com o \"bilhete de passagem\" à mão, as atenções dos leões de Benguela estão viradas para o campeonato nacional, agendado na província de Malanje no próximo mês. Liderar a tabela de medalhas é o objectivo primário.
No zonal Sul, o Sporting de Benguela obteve 375 pontos, resultantes das 13 medalhas de ouro, nove de prata e oito de bronze. Completaram o pódio o Vafeso de Benguela com 108 pontos (três de ouro, igual número de prata e de bronze) e Transcambada de Benguela com 80 pontos (duas de ouro, igual número de prata e três de bronze).
Levaram o Sporting de Benguela ao pódio as ginastas Eugénia Hossy e Joana Wanga, na especialidade de rítmica juvenil; Evaldina Severino, Cláudia Sawaca, Lurdes Junico, na rítmica júnior e Felícia Lopes, em rítmica sénior. No tumbling juvenil, junior e sénior, a missão esteve entregue a Cledimilda Jonico, Adelaide Correira, Cledinádia António e Cecília Uyango. A equipa leonina ganhou também em conjunto júnior, tumbling iniciado, júnior e sénior; artística júnior e sénior; aeróbica júnior e sénior.