Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Jorge Lorenzo defende honra

07 de Maio, 2015

Jorge Lorenzo está de volta. Depois de amargar um início de ano problemático

Fotografia: AFP

Pole em Jerez, Jorge Lorenzo fez uma óptima saída e executou um plano de fuga impecável para  afastar-se dos rivais e garantir a primeira vitória de 2015. “Caçado” por Valentino Rossi, o lesionado Marc Márquez foi perfeito para garantir o segundo posto.

Jorge Lorenzo está de volta. Depois de amargar um início de ano problemático, o espanhol achou o mapa de volta ao pódio da MotoGP e de caras, pulou directo para o degrau de cima.

 Dono de uma estrela só sua na Calçada da Fama de Jerez, Lorenzo, começou a prova de domingo (3) na ponta e sempre suave, executou um impecável plano de fuga, não deu chances à concorrência. A rodar  num ritmo consistente, o espanhol afastou-se mais e mais e recebeu a bandeirada com 5s576 de vantagem.

Uma semana depois de ser submetido à uma cirurgia para corrigir uma fractura no dedinho da mão esquerda, Marc Márquez conseguiu defender o segundo lugar que conquistou no grid e facturou seu segundo pódio do ano. Ao contrário do que aconteceu nos dois dias anteriores, desta vez, o jovem espanhol fez uso de analgésico.

 Valentino Rossi, por sua vez, tentou replicar o feito da Argentina e caçou Márquez por algumas voltas, mas com os dois pilotos nos mesmos pneus — duro na frente e médio atrás —, o italiano não teve como recuperar o atraso e acabou em terceiro.  Com o resultado, o italiano superou Giacomo Agostini e chegou ao pódio do número 200 da sua carreira no Mundial de Motovelocidade — o 141º na classe rainha. Cal Crutchlow travou bons duelos na prova, mas acabou isolado em quarto lugar, recebeu a bandeirada com 11s141 de atraso para Rossi. Pol Espargaró ficou com o quinto lugar.

 Saindo na primeira fila, Andrea Iannone largou mal, mas conseguiu recuperar parcialmente e fechou a disputa andaluza  em sexto.  Aleix Espargaró apostou numa estratégia de pneus diferentes — com um composto médio na frente e um macio atrás — e colocou a Suzuki na sétima posição, à frente de Bradley Smith.

 Andrea Dovizioso errou ainda no início da etapa de Andaluzia colocou-se no 25º posto, mas escalou o pelotão para receber a bandeirada na nona colocação, à frente de Yonny Hernández.

 Após a bandeirada, Lorenzo não escondeu a alegria e chegou a ameaçar lançar-se no lago de Jerez — como fez alguns anos atrás —, mas parou na borda.

 Como resultado deste fim de semana, Rossi, que também ganhou uma estrela na Calçada da Fama de Jerez, chegou aos 82 pontos, ampliou para 15 a vantagem em relação a Dovizioso. Lorenzo é agora o terceiro colocado, à frente de Márquez e Iannone.