Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

José Guimarães defende seriedade

17 de Dezembro, 2016

O ex-internacional angolano José Carlos Guimarães considerou desagradável e grave o actual estado do dirigismo no basquetebol nacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

O ex-internacional angolano José Carlos Guimarães considerou desagradável e grave o actual estado do dirigismo no basquetebol nacional e sugeriu a intervenção de órgãos de Estado no sentido de conferir maior seriedade à modalidade.

José Carlos Guimarães teceu estas considerações à margem de uma conferência de imprensa tendente a esclarecimentos sobre o recurso interposto pela lista A às eleições na Federação de Basquetebol, durante a qual se evocou, entre outros, problemas alegadamente ligados à má gestão financeira do elenco directivo da FAB.

O processo eleitoral na FAB atravessa um imbróglio resultante da inviabilização da lista A, liderada por Hélder Cruz, por propor o nome de Carlos Almeida, deputado à Assembleia Nacional, para presidente da Mesa da Assembleia-geral, situação que tem dividido a classe basquetebolística.

Convidado a comentar sobre o assunto, Guimarães referiu que o dirigismo tem estado a tomar contornos bastante negativos, de um tempo a esta parte, e afirmou estar surpreendido pela gravidade das coisas.

Sugeriu a criação de uma Comissão de Gestão para dirigir os destinos do basquetebol no país.