Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Joseney espreita Mundial da China

Melo Clemente - 16 de Maio, 2019

Fotografia: Dr

Com um desempenho extremamente positivo na época desportiva 2018/2019, Joseney Joaquim poderá ser a grande novidade na lista dos doze (12) eleitos do técnico norte-americano, Will Voigt, para a disputa da 18ª edição da Copa do Mundo de Basquetebol em seniores masculino, competição a decorrer de 31 de Agosto a 15 de Setembro do ano em curso, em oito cidades da República Popular da China.
O jovem jogador de 26 anos de idade, foi um dos elementos mais importantes da formação do Clube Desportivo Universidade Lusíada, conjunto que foi orientado pelo técnico angolano, Manuel Silva “Gi”, antigo seleccionador nacional dos hendecacampeões africanos da “bola ao cesto”.
Depois de ter sido pré-seleccionado em 2018, numa das janelas de qualificação zona africana para a corrida a Copa do Mundo, Joseney Joaquim está mas próximo de figurar entre os \"doze\", que seguirão viagem para República Popular da China.
Aliás, o excelente desempenho que o jovem atleta teve ao serviço do Clube Desportivo Universidade Lusíada, dão-lhe motivos para sonhar com a Copa do Mundo de 2019, competição que vai contar com a participação de trinta e duas (32) nações, contra vinte e quatro (24) das edições anteriores.
Joseney Joaquim foi o melhor marcador da 41ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo Unitel Basket, com quatro centos e sessenta e sete (467) pontos anotados, superando inclusive o triplista do Atlético Petróleos de Luanda, José António, que não foi para além do quarto lugar, com quatro centos e vinte um (421) pontos marcados durante à fase regular.
O extremo poste do Clube Desportivo Universidade Lusíada, foi ainda considerado o melhor jogador da fase regular da 41ª edição do Unitel Basket, prova que ficou marcada, sem sombras de dúvidas, com a desistência da Academia Helmarc, grémio liderado por Hélder Martins da Cruz “Maneda”, presidente de direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).
Com um metro e 98 centímetros de altura, Joseney Joaquim foi ainda o rei dos ressaltos do Unitel Basket, com duzentos e setenta e quatro (274), sendo oitenta e nove (89) ofensivos e cento e oitenta e cinco (185) defensivos.
Já a nível dos tampões, o jogador ocupou o terceiro lugar, com trinta e seis, ao passo que Aldemiro João, do Atlético Petróleos de Luanda, e Teotónio Dó, do Atlético Sport Aviação (ASA), ocuparam os dois primeiros lugares, com cinquenta e nove (59) e quarenta e um (41) tampões, respectivamente.
Entretanto, um dos aspectos que, eventualmente, poderá jogar a desfavor do jogador do Clube Desportivo Universidade Lusíada, que almeja atingir a lista definitiva para a Copa do Mundo de 2019, prende-se com o facto do seleccionador nacional, incompreensivelmente, não acompanhar milimetricamente a 41ª edição do Unitel Basket.
ANGOLA vai disputar a fase regular da Copa do Mundo da República Popular da China inserida no Grupo D, ao lado das selecções da Sérvia, com quem se estreia a 31 de Agosto, Itália e Filipinas. Grupo  A: Cote dIvoire, Polónia, Venezuela, China; Grupo B: Rússia, Argentina, Coreia do Sul, Nigéria; Grupo C: Espanha, Irão, Porto Rico, Tunísia; Grupo E: Turquia, República Checa, Estados  Unidos, Japão; Grupo F: Grécia, Nova Zelândia, Brasil, Montenegro; Grupo G: República Dominicana, França, Alemanha, Jordânia; Grupo H: Canadá, Senegal, Lituânia, Austral

OS DEZ MAIS


Atlético Petróleos de Luanda e Grupo Desportivo Interclube, dominaram a lista de distinções dos “DEZ MAIS” da 41ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo Unitel Basket.
Egídio Ventura, extremo base da equipa adstrita a Polícia Nacional (Grupo Desportivo Interclube), foi considerado o melhor marcador dos três pontos, ao passo que o seu colega de equipa, Gerson Domingos, base, foi o melhor em assistências.
Já o veterano, Leonel Ditutala Paulo, extremo poste, de 33 anos de idades, foi o melhor lançador dos dois pontos.
Por seu turno, Childe Dundão, base, foi o melhor recuperador da edição número 41 do Unitel Basket. Jucelino Ricardino, do Grupo Desportivo Marinha de Guerra, foi considerado o melhor marcador dos lances livres.