Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Julmira Chepela prepara africano

06 de Maio, 2013

A garantia é do presidente da Associação dos Desportos Individuais da Huíla, Severino Xavier Fernandes

Fotografia: Jornal dos Desportos

A preparação efectuada pela vice-campeã africana da zona V de ginástica na especialidade de tumbling, Julmira Chepela, garante confiança para alcançar bons resultados no torneio internacional da modalidade a decorrer este mês, na África do Sul.

 A garantia é do presidente da Associação dos Desportos Individuais da Huíla, Severino Xavier Fernandes, que espera que a ginasta  huilana e da Selecção Nacional de apenas 10 anos consiga os mínimos que lhe darão capacidade para representar o continente africano no geral e Angola em particular no Mundial no Canadá em Outubro próximo.

 “Admitimos que a atleta vai fazer o seu melhor. Como sabe participa num torneio internacional onde podem aparecer ginastas de gabarito. Então temos confiança que pode alcançar os mínimos que a aproxima dos atletas de alto nível no torneio internacional de ginástica artística na África do Sul. Por isso esperamos que tudo corra da melhor forma a atleta. É uma atleta muito motivada. Daí, vai conseguir alcançar êxitos”, disse.

 Severino Fernandes aclarou que a preparação da atleta baseou-se especificamente em trabalhos no tapete, exercícios no cavalo, plinto, com alguns aparelhos de ginástica fundamentalmente a barra fixa e os trampolins. Referiu que essa preparação foi feita em sessões bi-diárias.

 “Desta vez fizemos um treino intensivo. Participou num campeonato provincial de ginástica onde se destacou na sua especialidade de Tumbling e também já houve um trabalho de ginástica artística”, explicou. Assegurou que desta vez a atleta teve uma preparação cuidada em termos físicos e técnicos embora a componente alimentar ainda não é a desejada, pois os apoios logísticos a nível da província também não se fazem sentir.

 O dirigente referiu que no tocante ao aspecto técnico, a associação conseguiu obter autorização para efectuar a preparação num nos ginásios. Porém, a componente alimentar tem encontrado algumas dificuldades por ser uma atleta de família humilde. “Por isso, tem tido algumas dificuldades para conseguir ter uma boa dieta alimentar para permitir sua preparação sem sobressaltos”, disse.

 Continuamos a pedir apoios de forma a termos uma ginasta que possa orgulhar Angola no geral e em particular a província, argumentou Severino Fernandes. Adiantou ser uma atleta que conquistou a medalha de prata no Campeonato Africano da zona V na especialidade de tumbling em Dezembro do ano passado e, precisa de outros apoios.
Gaudêncio Hamelay, no Lubango