Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Juventude de Viana desqualificado

Silva Cacuti - 27 de Janeiro, 2015

Pavilhão do Dream Space foi escolhido para acolher o nacional jovem da modalidade que viu duas agremiações a serem afastadas

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa do Juventude de Viana, histórico do hóquei em patins nacional, foi desqualificada do campeonato nacional de juvenis em hóquei em patins por ter averbado, ontem, a segunda falta de comparência no jogo que devia disputar diante da congénere da Banca, para a segunda jornada da prova que se disputa desde 25 do corrente, no recinto do Dream Space, em Luanda.A equipa vianense, várias vezes campeã nacional neste escalão perdeu na primeira jornada, quando devia defrontar a equipa do Recreativo de Cacuso, de Malanje, que também não compareceu. A reportagem do JD tentou, sem sucesso, contactar a equipa de Viana.

Com a ausência dos dois emblemas, o grupo B fica reduzido a duas equipas, Petro de Luanda e Banca, que jogaram na primeira jornada da prova, com vitória do Petro (6-3). As duas equipas estão automaticamente apuradas para os quartos-de-final do campeonato.No grupo A a terceira jornada vai ser, hoje, marcada pelo jogo entre a Académica de Luanda e o HC do Lobito, enquanto o Atlético do Namibe vai defrontar o Juventude do Lubango. O jogo entre as equipas do 1.º de Agosto e da Casa do Pessoal  para a terceira jornada do grupo C é outro grande atractivo do dia. Os agostinos ganharam 7-1 à equipa do Exército, na primeira jornada, enquanto os lobitangas começaram a prova com derrota, pela margem mínima, 0-1, diante do Hóquei 2000.

No grupo D, dos namibenses, porque engloba três equipas do Namibe, o Benfica defronta o Sporting, enquanto o Ferroviário folga por força de calendário.A prova está a ser disputada por seis equipas de Luanda (Petro, Académica, Hóquei 2000, 1.º de Agosto, Exécito  e Banca). O Namibe inscreveu, pela primeira vez, quatro equipas (Atlético, Ferroviário, Benfica e Sporting). Benguela faz-se representar pela Casa do Pessoal do Porto do Lobito e pelo HC do Lobito, ao passo que a Huíla representa-se pelo Juventude do Lubango.
O Petro de Luanda é o detentor do título.