Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kabuscorp extingue equipa

Silva Cacuti - 22 de Abril, 2016

Participam nas competições da associação cinco equipas de iniciados masculinos e 11 de iniciados femininos

Fotografia: Arimatéia Batista

O Kabuscorp do Palanca, antigo campeão nacional sénior masculino de andebol, extingui a modalidade no seio do seu clube. Nenhuma das suas equipas compete nos campeonatos provinciais de iniciados, juvenis, juniores e seniores.

Segundo apuramos junto da Associação Provincial de Andebol de Luanda (Apal), os calendários das respectivas competições tiveram que ser reformulados, já que se esperava que a qualquer momento a equipa fosse inscrever-se.

"Refizemos os nossos calendários de jogo, porque definitivamente a equipa não comunica connosco e não podemos contar com ela. É uma situação lamentável porque muitas crianças e jovens são forçados a parar de praticar e ter que encontrar outras actividades", disse António Custódio, presidente de direcção da Apal.

Participam nas competições da associação cinco equipas de iniciados masculino, 11 de iniciados feminino, nove equipas de juvenis masculino, 14 equipas de juvenis feminino, sete equipas jogam o provincial de juniores masculino e oito estão inscritas na prova de juniores feminino. As provas de seniores são disputadas por cinco equipas masculinas e outras tantas femininas.

Desde 2007 que o Kabuscorp inscrevia as suas equipas nas provas da Apal. O clube de Bento Kangamba começou aos solavancos, quatro anos depois, quando anunciou a extinção da equipa sénior feminina. Em 2014 o Kabuscorp extinguiu o escalão sénior masculino e, contra todas expectativas, retornou à competição com uma equipa sénior feminina. Em 2015 apenas participou nas provas com os escalões de formação.

Segundo dados em nossa posse, a extinção do andebol vem depois de avultadas dívidas do clube (cerca de 19 meses) com o pessoal dos departamentos e todos os técnicos da modalidade. Incluindo com algumas atletas que estiveram no plantel da última equipa feminina de seniores.

Contactado, Raúl Mendonça, vice-presidente da agremiação, começou por dizer que o clube estava a participar das provas nos escalões de formação.
Confrontado com a informação de que o Kabuscorp não estava inscrito em nenhuma das competições, remeteu-nos a José Domingos Dimas.

"Todas as questões relacionadas com o andebol é o vice-presidente José Domingos Dimas ou o presidente que têm domínio", disse. As nossas tentativas de contactar Domingos Dimas, por telefone, fracassaram.

O Kabuscorp do Palanca é bi-campeão nacional sénior masculino e ostenta também um título da supertaça Francisco de Almeida. Em 2011 foi quarto classificado da taça dos clubes campeões africanos de andebol. O emblema tem também títulos nacionais em juvenis masculino e juniores feminino.