Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kicanga conserva título mundial

Venâncio Victor, Malanje - 16 de Fevereiro, 2015

Toni Kicanga não deu hipóteses ao seu adversário e dedicou a vitória ao pai Maurício Kicanga falecido na semana passada.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O pugilista Toni Kicanga conservou, no sábado, no Pavilhão Palanca Negra, em Malanje, o título de mundial da UBC na categoria dos 79 kg, meios-pesados, ao vencer o georgiano, George Aduasashivili.Toni Kicanga, que se sagrou campeão mundial da WBC, vergou o seu opositor logo no segundo round do combate de boxe profissional, prova em alusão as festas da cidade de Malanje, que completou 83 anos na última sexta-feira, dia 13.

Toni Kicanga disse que saía de Malanje com o dever de missão cumprida. O pugilista angolano dedicou a vitória a seu pai Maurício Kicanga falecido na semana passada. Kicanga disse ter recebido criticas de muita gente ligada ao desporto pelo facto de ter aceitado a realização do combate com a morte do pai há poucos dias, referindo que   não  vai cruzar os  braços devido ao infausto acontecimento.Louvou o apoio prestado pela população, pelo Governo Provincial, Ministério da Juventude e Desportos e todos quanto directa ou indirectamente contribuíram para o seu sucesso no rinque. O pugilista já havia garantido em conferência de imprensa  que o cinturão de campeão mundial de boxe tinha de ficar em Malanje, acrescentando que estava disposto a pôr em causa a sua vida para conquistar o troféu e cinturão de campeão mundial.


O adversário de Kicanga recusou-se a falar para os órgãos da comunicação social. No outro combate que antecedeu a defesa do título mundial dos cinturões WBC U e UBC, que opôs Toni Kicanga a George Aduasashivili, Davide Marciala, na categoria dos 76 kg, venceu o pugilista Miguel Camuete. Já Bengue Ndomble, do Golfe Dois, venceu na categoria dos 69 kg Zingue Matuque. Nos 64 kg, o pugilista Tonilsom Nzunze bateu Faustino Fernandes. Na classe feminina, na categoria dos 60 kg, Liliana André venceu Luzolo Cristina.