Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kifica testemunha hoje apresentao do projecto

16 de Março, 2013

Mais de uma centena de crianas de todo o pas vai ser integrada no programa de desenvolvimento da Federao de Tnis

Fotografia: Jornal dos Desportos

O projecto “Criança em Movimento”, dedicado à modalidade de ténis, tem o lançamento oficial marcado para esta manhã, às 10h00, no pavilhão polivalente Chinguar, município de Belas. Na primeira fase, o projecto contempla a formação de 80 crianças de vários estratos sociais do bairro Kifica, com idades entre 7 e 14 anos. O projecto é da autoria da Primeira-Dama de Angola, Ana Paula dos Santos. O vice-presidente da Federação Angolana de Ténis (FAT), João Almeida, em declarações ao Jornal dos Desportos a propósito do programa, referiu que os custos de formação dos cinco técnicos que vão trabalhar com as crianças foram suportados pela mentora do projecto. A parceria com a FAT, de acordo com o dirigente federativo, permite prognosticar muitos êxitos em função do bom andamento dos trabalhos.

“Gostaria de exaltar o nobre carácter da Primeira-Dama, Ana Paula dos Santos, pois nos tem surpreendido bastante com a sua visão sobre a necessidade de se apoiar as crianças no sentido de terem melhor qualidade de vida através da prática desportiva”, disse. João Almeida apelou a outras individualidades da sociedade angolana a seguirem o exemplo da Primeira-Dama, “porquanto o gesto representa um futuro melhor para milhares de crianças”. A cerimónia do lançamento do projecto “Criança em Movimento” estava marcada para o dia 18 do passado mês de Fevereiro, mas foi adiada devido a compromissos profissionais de algumas personalidades envolvidas.

Cinco antigos atletas terminaram ontem, no Clube de Ténis de Luanda, o curso de monitores de ténis promovido pela Federação Angolana da modalidade, no âmbito do projecto “Criança em Movimento”. A formação foi ministrada por técnicos nacionais e teve a duração de três dias.


Rafael Nadal
vence Federer


Rafael Nadal deu ontem a sua maior demonstração de força na readaptação ao circuito mundial de ténis. Com domínio do jogo, derrotou o espanhol o suíço Roger Federer por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, e qualificou-se às meias-finais do Masters 1000 de Indian Wells. O torneio dos Estados Unidos é o primeiro do tenista espanhol em quadras duras em 2013. De regresso às competições após longo período afastado para tratar da lesão no joelho, Nadal disputou apenas três torneios, todos em terra batida: o ATP 250 de Viña del Mar, o Open do Brasil e o ATP 500 de Acapulco. Em Indian Wells, torneio considerado importante para avaliar a recuperação do joelho, Nadal tem demonstrado boas condições físicas e técnicas. Contra Roger Federer, conseguiu quatro quebras de serviço em 11 oportunidades e deu apenas uma oportunidade para o suíço quebrar o seu serviço, uma delas aproveitada.

O número dois do ranking mundial, Roger Federer, disse que esperava por um duelo complicado com o espanhol nos quartos-de-final de Indian Wells. “Já esperava que fosse um competidor duro em Indian Wells. Nadal não voltaria se não estivesse bem”, comentou. Federer realçou que as dores nas costas dificultaram o seu desenvolvimento na partida. O tenista já havia sofrido o mesmo problema nos oitavos-de-final, quando derrotou Stanislas Wawrinka após 2h30min de jogo. “As minhas costas estavam na mesma que aquando do jogo contra o Stan (Stanislas). Podia jogar, estava feliz por ser capaz de competir, mas é um problema pequeno e não funciona contra atletas como o Rafael”, disse.

Foi a 19ª vitória de Rafael Nadal em 29 jogos contra Roger Federer, que venceu o último duelo entre eles, justamente na edição passada do Masters 1000 de Indian Wells. Na ocasião, o tenista suíço triunfou por 2 sets a 0 e chegou à final. Na meia-final do torneio norte-americano, Nadal tem pela frente o checo Tomas Berdych, que passou pelo sul-africano Kevin Anderson. Em confrontos directos entre os dois o pendor é favorável ao tenista espanhol. Em 15 jogos, venceu 12.


Jennifer Capriati
acusada de agressão

Jennifer Capriati, ex-número 1 do mundo, pode ser presa, após as denúncias do seu ex-namorado. Ivan Brannan, que tem 28 anos, relatou à polícia que a ex-atleta entrou na academia North Palm Beach, Flórida, onde ele se exercitava, aos gritos e desferiu-lhe quatro socos no peito, com o punho cerrado. Após o tumulto, um professor de ioga conseguiu apartar a briga, enquanto Ivan se trancou na casa de banho e ligou para a polícia. O namoro de Jennifer, agora com 36 anos, e Ivan, durou cerca de um ano e terminou em Fevereiro de 2012. Após o fim, Ivan, que é ex-golfista da Florida State University, relatou à polícia que a ex-namorada passou a persegui-lo.

A polícia de North Palm Beach solicitou uma ordem de prisão contra Capriati, mas a mesma ainda não foi aprovada pela Justiça. Capriati usou o Twitter para se defender das acusações. “Empurrei um homem que me estava a agredir verbalmente, para afastá-lo de mim. Este homem está a atormentar-me há muito tempo. A verdade prevalecerá. Essas mentiras e este tumulto só estão a acontecer por culpa deste homem! Vejam o que ele fez com a mãe do seu próprio filho, não apenas comigo”, escreveu. Após ler o desabafo da ex-tenista, a ex-noiva de Brannan, Christine Corley, solidarizou-se com o drama. “Ele está a fazer consigo o mesmo que fez comigo! Sinto a sua dor”.