Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Killy abandona o COI

03 de Abril, 2014

Jogos Olímpicos de Grenoble, em 1968, mas também figura consagrada do olimpismo internacional

Fotografia: AFP

O presidente do comité organizador dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, o francês Jean-Claude Killy, vai abandonar o Comité Olímpico Internacional (COI), anunciou o próprio em entrevista divulgada no passado sábado pela revista” L'Equipe Magazine”.Aos 70 anos, o homem que foi recentemente condecorado pelo presidente russo, Vladimir Putin, pelo trabalho desenvolvido nos Jogos de Sochi, revela a vontade de fazer outra coisa.“Tenho 70 anos, preciso de mudar”, sublinhou Killy, membro do COI desde 1995, numa entrevista publicada parcialmente no sítio oficial da revista francesa na internet.

Antigo esquiador, três vezes medalhado nos Jogos Olímpicos de Grenoble, em 1968, mas também figura consagrada do olimpismo internacional, Jean-Claude Killy recebeu algumas críticas nos últimos meses, baseadas na sua proximidade com o presidente russo.“Vou parar porque com os Jogos de Inverno de Sochi, quando alguém faz, como eu fiz, a organização na Rússia durante sete anos, torna-se difícil, na minha idade, encontrar qualquer coisa igualmente rica e excitante. Vou parar porque o meu olimpismo começou nos Jogos de Innsbrück (1964) há 50 anos, era eu esquiador. Meio século inteiro, com vinte anos passados no COI”, recordou.