Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kobayashi e Ericsson na Caterham

23 de Janeiro, 2014

Kobayashi regressa à Fórmula 1 depois de um ano de ausência

Fotografia: AFP

Kobayashi regressa à Fórmula 1 depois de um ano de ausência (correu na Sauber entre 2010 e 2012), enquanto o sueco Marcus Ericsson é um estreante na categoria.Robin Frijns e Alexander Rossi (que pode vir a ser piloto da Caterham Racing na categoria GP2) vão ser os pilotos de reserva.“É uma sensação óptima estar de volta como piloto de Fórmula 1 e fico muito contente por ser com a Caterham F1. Desde o ano passado que tenho falado com o Cyril Abiteboul [chefe de equipa e director executivo da Caterham] e com o Tony Fernandes [Chairman] acerca de pilotar um carro da equipa e em todas as nossas conversas fiquei impressionado com o que eles querem fazer e com o investimento já realizado para que a equipa atinja os resultados”, afirmou Kobayashi.

Já o “rookie” Marcus Ericsson mostrou-se entusiasmado com a chegada à Fórmula 1. “Este é um dia de grande orgulho para mim e para toda a gente que me ajudou a concretizar o meu sonho de chegar à Fórmula 1. (...) Já estou entusiasmado com a época que se aproxima, especialmente com a primeira corrida na Austrália”, disse o sueco, referindo que a equipa pode aproveitar as novas regras de 2014 para “encurtar distâncias”.A Caterham F1 usa motores Renault, não conseguiu qualquer ponto na temporada de 2013. Com a definição da Caterham F1 fica completo o alinhamento dos 22 pilotos para a temporada deste ano.

Breve
Paul Di Resta regressa ao DTM


Paul Di Resta vai testar hoje o novo Mercedes AMG Coupé no circuito português de Portimão, acrescentou a marca germânica, que vai contar ainda com o inglês Gary Paffett, vencedor do DTM em 2005.Em três temporadas na Fórmula 1, Paul Di Resta disputou 58 corridas, teve como melhores resultados dois quartos lugares, no Grande Prémio de Singapura, em 2012, e no Grande Prémio do Bahrein, em 2013, e somou um total de 121 pontos. O piloto escocês, manteve sempre o contacto com a Mercedes, por ser a marca que equipava os monolugares da Force India, regressa ao DTM algo decepcionado com a Fórmula 1, apesar de brilhar em algumas corridas.