Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kuando-Kubango tem bases para desenvolvimento desportivo

Silva Cacuti - 13 de Maio, 2013

O dirigente falava ao Jornal dos Desportos após a sua chegada a Luanda

Fotografia: Jornal dos Desportos

O desempenho dos novos monitores e juízes do Kuando-Kubango durante o festival de atletismo que marcou as comemorações do 11 de Maio, na cidade de Menongue, é um indicador de que as bases para o desenvolvimento da modalidade estão lançadas, considerou Joaquim Dombaxi, director executivo da Federação Angolana de Atletismo (FAA). O dirigente falava ao Jornal dos Desportos após a sua chegada a Luanda, vindo daquela cidade, onde presenciou a cerimónia de encerramento dos cursos promovidos pela FAA, com apoio do Governo Provincial do Kuando-Kubango.

A cerimónia de encerramento das acções formativas foi presidida por Pedro Camelo, vice-governador provincial que esteve ladeado por Carlos Rosa, presidente da FAA. O evento decorreu à margem do festival que mobilizou mais de 150 crianças nas provas de saltos cruzados, saltos à corda, estafeta mega, lançamento de bola medicinal, turbo medicinal e turbo lançamento. A formação decorreu de 6 a 11 do corrente e foi orientada pelos prelectores Augusto Severiano, José Santos, Mandejele Zua e Augusto Seco, tendo contado com a presença de formandos dos municípios de Menongue, Dirico e Cuangar.

Dombaxi recordou que há uma grande aposta do governo do Kuando-Kubango no relançamento da prática da modalidade, demonstrada na parceria com a federação que culminou com a realização do curso e do festival alusivo ao dia do atletismo.                    
SC

Africanos dominam
competição no Brasil


Os corredores africanos dominaram a etapa de Uberlândia do Circuito de Corridas Caixa, disputada no início da noite deste sábado. Em  masculinos, o tanzaniano Ismail Juma Gallet venceu a prova com o tempo de 28min51s, novo recorde da corrida, seguido pelos quenianos Paul Kimutai e Mathew Kiptoo Cheboi. “Senti-me muito bem e gostei do percurso. Fiz um treino específico para esta prova e outra que vou disputar no próximo fim-de-semana e, por isso, estava nas minhas melhores condições e o recorde foi consequência”, afirmou Ismail Gallet.

Na prova feminina, o desempenho das atletas estrangeiras foi ainda melhor, garantindo as quatro primeiras posições. A campeã foi a tanzaniana Sara Makera, que teve no pódio a companhia de Kaclyne Chemwek Rionoripo, do Quénia, Meseret Legese Birapu, da Etiópia, Consolata Cherotich, também do Quénia, e da ‘intrusa’ brasileira Edielza Alves dos Santos.