Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Kyrie Irving quer sair do Cleveland

23 de Julho, 2017

Caso a opção recaia nos Spurs, o extremo/poste LaMarcus Aldridge podia servir de ‘moeda de troca’, numa altura em que o conjunto texano já tem garantido o poste espanhol Pau Gasol, de 37 anos, por mais três temporadas.

Fotografia: AFP

O site da Internet do canal de televisão ESPN foi o primeiro a revelar, que Kyrie Irving de 25 anos quer sair dos ‘Cavs’, com os quais tem contrato até 2020, com um contrato de 18,7 milhões de dólares (cerca de 16 milhões de euros). De acordo com a ESPN, Irving encontrou-se com o proprietário da formação de Cleveland, Dan Gilbert, e fez-lhe saber da intenção de trocar para outra equipa, a fim de ter mais responsabilidades.

Irving pode mesmo ter entregue uma lista de formações as quais pretende jogar, nomeadamente, os San Antonio Spurs, os New York Knicks, os Miami Heat e os Minnesota Timberwolves, o seu destino preferido era os Spurs. O agente de Irving, Jeff Wechsler, afirmou à ESPN que Irving reuniu-se com dirigentes dos Cavaliers, mas não confirmou que o encontro fosse para manifestar a vontade de sair.

Kyrie Irving terminou a época regular de 2016/17 com média de 25,5 pontos por encontro, e foi um dos melhores elementos dos ‘Cavs’ na final dos ‘play-offs’, perdida para os Golden State Warriors 1-4, está nos últimos três anos na ‘sombra’ de LeBron James. Caso a opção recaia nos Spurs, o extremo/poste LaMarcus Aldridge podia servir de ‘moeda de troca’, numa altura em que o conjunto texano já tem garantido o poste espanhol Pau Gasol, de 37 anos, por mais três temporadas.

NBA
Knicks pode levar Irving

O mercado da NBA agitou-se na última sexta-feira com as informações de que Kyrie Irving, um dos principais nomes da liga, pediu para deixar o Cleveland Cavaliers, actual vice-campeão da competição e três vezes finalista consecutiva.O base teria solicitado a sua saída para deixar de jogar com LeBron James, estrela da equipa de Ohio. O objectivo do camisa 2 é ser o grande nome da equipa em que actuar. Com isso, quatro surgem como favoritos a levar Kyrie.

O principal é o New York Knicks. A equipa, uma das mais tradicionais da NBA, vem de temporadas ruins, sem alcançar os play offs e está ansiosa por uma reformulação. Além disso, joga a favor uma possibilidade de troca. O base Carmelo Anthony quer sair e os Cavaliers são um dos possíveis destinos. Assim, pode ocorrer à negociação.

Os outros candidatos a levar Irving, de acordo com a Espn americana, são Miami Heat, Minnesota Timberwolves e San Antonio Spurs. Destes, apenas os últimos chegaram aos play offs na última época.Aos 25 anos, o base dos Cavaliers é um dos principais da posição na NBA. Em 2016/2017, teve a média de 25,2 pontos, 5,8 assistências e 3,2 ressaltos por partida. Por Cleveland, foi campeão da liga em 2016, como um dos destaques na final contra o Golden State Warriors.

TRANSFERÊNCIA
Pelicans contratam o base dos Celtics


O New Orleans Pelicans confirmou a contratação do base Rajon Rondo, um dos principais nomes da posição na NBA. O jogador, de 31 anos, não teve os detalhes do seu acerto divulgados, por uma política da equipa. Na liga norte-americana desde 2006, o atleta tenta recuperar nos Pelicans o nível das actuações que teve pelo Boston Celtics, onde jogou por oito anos, entre o início da sua carreira e 2014.

Campeão da NBA em 2008, Rondo troca muito de equipas nas últimas épocas. New Orleans vai  ser a sua quarta equipa em três anos. Teve passagens por Dallas Mavericks, Sacramento Kings e Chicago Bulls. “Estamos muito animados por ter Rajon Rondo no nosso elenco. Ao longo da sua carreira na NBA, demonstrou ser um grande competidor e conta com muita experiência em play offs”, declarou Dell Demps, director-geral dos Pelicans.A equipa de Louisiana vem de épocas ruins.

Ficou de fora dos play offs nos últimos anos. Na última edição da liga, a contratação de DeMarcus Cousins juntou-se à estrela Anthony Davis e aumentou as expectativas em cima da equipa, que disputa a Conferência Oeste.Em 2016/2017, os Pelicans tiveram campanha de 34 vitórias e 48 derrotas. Terminaram em décimo lugar, fora da zona de classificação às decisões da principal competição de basquetebol do mundo.