Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lder associativo prepara dinamizao

17 de Novembro, 2016

Dirigente reconhece ser preciso actualizar os treinadores que trabalham mas escolas nos bairros

Fotografia: AFP

O recém-eleito presidente da Associação Provincial de Judo de Luanda, Edilson Júlio (mestre Cheno), manifestou o desejo de implementar novas politicas para a dinamização da modalidade na capital do país.Em declarações terça-feira à Angop, para fazer uma breve abordagem do surgimento de novas escolas de Judo na cidade, o "cinturão negro" do 3ª dan explicou que a massificação está feita nesta província, faltando apenas políticas orientadoras para dinamizar cada vez mais o judo.

Disse que em Luanda estão bem servidos de escolas a praticar a modalidade, o que garante continuidade desta arte. Reconheceu ser preciso actualizar cada vez mais os treinadores que trabalham nestas escolas nos bairros, para estarem melhores qualificados e aumentarem o nível técnico dos seus atletas.

Anunciou sessões de aconselhamento aos proprietários de escolas para tratarem da legalização, porque a associação reconhece o trabalho destas nos bairros, retirando muitos jovens da delinquência juvenil e outros actos socialmente reprováveis.Quanto ao nível técnico dos atletas classificou de “aceitável”, porque muitos deles hoje já fazem investigação das novas regras da modalidade para sua própria superação e aumento da qualidade.

Disse ser aceitável o nível técnico de alguns treinadores de escolas que vão surgindo nos bairros, apesar de estarem programados seminários de refrescamento para melhorarem as aulas nas academias.Luanda conta com 92 escolas, sete clubes, sendo o município de Viana o líder, com cerca de 30 escolas, seguido do distrito do Kilamba Kiaxi.