Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

LeBron brilha sob o olhar do príncipe

10 de Dezembro, 2014

Enquanto isso, os Nets estão com oito vitórias e 11 derrotas.

Fotografia: AFP

Apelidado King James pelos seus fãs, LeBron viveu uma noite de realeza. O astro encontrou-se com o príncipe William e a duquesa Kate Middleton após a vitória do Cleveland Cavaliers sobre o Brooklyn Nets por 110- 88.

O casal real acompanhou o jogo desde início e foi ao balneário dos Cavaliers, depois da partida, para encontrar-se  com um dos maiores jogadores da actualidade. O encontro foi amistoso. Além de fotos, LeBron ofereceu camisas a William e Kate. O astro não foi o único a ser brindado com a presença do casal.

O rapper Jay-Z e a cantora Beyoncé receberam William e Kate no Barclays Center e acompanharam o jogo juntos. Na quadra, LeBron não deu espectáculo, mas terminou o confronto com 18 pontos e deu sete assistências. Dion Waiters foi o cestinha ao fazer 26 pontos. A vitória deixa os Cavaliers com 12 vitórias e sete derrotas. Enquanto isso, os Nets estão com oito vitórias e 11 derrotas.

GRIFFIN DESTRÓI
COM AFUNDANÇO

Blake Griffin já é reconhecido pelos seus afundanços, mas mostrou que ainda é capaz de surpreender. O extremo-poste do Los Angeles Clippers deu um show de impulsão durante a vitória de 121- 120 sobre o Phoenix Suns. Griffin deu um afundanço absurdo, quando o jogo estava no terceiro período.

Recebeu passe rápido de Matt Barnes à entrada do garrafão e voou para a cesta, que  levou a claque ao delírio. Como se não bastasse, o extremo-poste marcou 45 pontos e foi decisivo ao acertar um inusitado arremesso de três pontos no último segundo de prolongamento, deu a vitória aos Clippers.

Cousins tem meningite
A grande figura dos Sacramento Kings, formação que surpreendeu durante as primeiras semanas da época ao somar nove vitórias em 14 jogos, DeMarcus Cousins falhou os derradeiros compromissos por estar com meningite.

Conforme avançou ontem o USA Today Sports, o poderoso poste norte-americano está internado de modo a poder descansar e claro, para que os médicos consigam acompanhar de perto a respectiva situação clínica, que oficialmente, foi somente colocada em causa devido a uma “infecção”. Com apenas 24 anos, a quinta escolha do “draft” de 2010, estava a realizar uma temporada notável (médias de 23.5 pontos e 12.6 ressaltos), até ser obrigado a parar devido à meningite.

A imprensa norte-americana anunciou ainda que o basquetebolista – que este ano fez parte da selecção dos Estados Unidos, que em Espanha conquistou o Campeonato do Mundo – deve estar ausente, pelo menos, durante os próximos dez dias.